link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Rio Branco busca afirmação diante do perigoso Operário

Por Geraldo Bubniak, Futebol Paranaense - publicado em 03/02/2013 às 00h00min
 
Jogando no Complexo Esportivo Fernando Charbub Farah, Gigante do Itiberê, em Paranaguá, o Rio Branco recebe o Operário neste domingo às 17h, pelo quinta rodada do Campeonato Paranaense. Os times vem de vitória e a partida promete ter muitos gols.

O Leão da Estradinha bateu o Nacional em Rolândia e tem cinco pontos na tabela, já o Fantasma vem de vitória sofrida sobre o Cianorte e ainda não foi derrotado. O time de Ponta Grossa é o quinto na tabela com seis pontos ganhos.

No Rio Branco o técnico Amauri Knevitz não terá o volante Peu que voltou a sentir uma lesão e o zagueiro Vinicius que foi expulso diante do Nacional, ambos ficam de fora. O técnico espera o apoio do torcedor para conseguir superar o time dos campos gerais.

O técnico Lio Evaristo do Fantasma aposta no mistério, o zagueiro Alex Moraes cumpriu suspensão automática e volta ao time. Com isso, Edimar que jogou improvisado na zaga volta ao meio campo no lugar de Batista. Edson Grilo, segue em tratamento no Departamento Médico.

No ano passado o Rio Branco venceu em Paranaguá por 3 a 2 e foi goleado em Ponta Grossa por 4 a 0.

Operário Ferroviário e Rio Branco são o segundo e o terceiro clubes mais antigos do Paraná em
atividade, respectivamente. Enquanto o Fantasma completou 100 anos em maio do ano passado, o Leão da Estradinha celebra o centenário nesta temporada. O clube mais antigo do Estado é o Coritiba, fundado em 1909.

RIO BRANCO X OPERÁRIO
Data: 03/02/13 – Domingo
Local: Estádio Fernando Chaburb Farah Paranaguá
Horário: 17:00 Horas
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Assistentes: Daniel Cotrim de Carvalhoe Fabrício da Silva Martins


RIO BRANCO: Rodrigo
Café; Samuel, Valdir, Vladimir e Fabio Alves; Duda, Muçamba, Renan Tavares, Renan Meduna; Marcelo Tamandaré e Bahia
Técnico: Amauri Knevitz

OPERÁRIO: Silvio, Correia, Alex Moraes, Neguete e Alex Cazumba; Edimar (Batista), Sidnei, Rone Dias e Cacá; Sandro e João Paulo
Técnico: Lio Evaristo

Com
informações do Diário dos Campos

0 Responses so far.