link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Operário vai receber R$ 280 mil da TV

Alvinegro assinou na noite desta quarta-feira contrato com a emissora que irá televisionar o Campeonato Paranaense em 2013, e vai receber R$ 280 mil por direitos de transmissão

Por Sebastião Neto, Diário dos Campos, em 17/11/2012

Presidente Carlos Roberto Iurk destacou os benefícios do
Fantasma com o contrato
Imagem: Fábio Matavelli/Arquivo DC


"Se já está ruim com a TV, imagine sem ela?". A frase é do presidente do Operário Ferroviário, Carlos Roberto Iurk, e ilustra o pensamento da diretoria alvinegra ao assinar na noite desta quarta-feira o contrato que cede à RPC TV - afiliada da Rede Globo no Paraná - os direitos de transmissão dos jogos do Fantasma no Campeonato Paranaense de 2013. Mesmo após os clubes do interior pedirem um valor próximo a marca dos R$ 500 mil, a maior parte das equipes de fora da capital já assinou o contrato com a emissora sob o valor de R$ 280 mil, quantia pouco mais de 20% maior do que foi pago aos clubes no ano passado.

Quem participou das tratativas finais do acordo entre o Operário e a TV ao lado do presidente Iurk foi Luiz Alberto de Oliveira, empresário responsável pela LA Sports - parceira do clube de Vila Oficinas. Pedro Henrique Poivetin, gerente executivo da empresa na cidade, destaca a importância das transmissões para a visibilidade do clube no estado, além do fato de que se algum clube do interior não assinar o contrato, a quantia destinada a ele seria dividida igualmente entre as agremiações que assinaram o contrato. "Foi nos informado que em um primeiro momento, caso alguém não aceitasse o valor, ele seria distribuído para os clubes que fecharam com a TV", afirma.

Sobre o valor que será embolsado pelo Fantasma para as transmissões, Carlos Roberto Iurk destacou que o fato de nenhuma outra emissora do estado ter demonstrado interesse em transmitir os jogos do Paranaense em 2013 prejudicou as negociações dos clubes do interior com a RPC. "A falta de concorrência nos deixou sem poder para negociar, impor nosso desejo e o valor que a gente pedia", destaca. Para o vice-presidente da Federação Paranaense de Futebol, Amilton Stival, a presença da TV no estadual auxilia as principalmente as equipes do interior. "É uma forma de trazer mídia e facilitar a negociação dos clubes com patrocinadores principalmente para as suas camisas", aponta Stival.

Londrina

Na contramão da maior parte dos clubes do interior, que já assinou o contrato com a TV para o torneio, a imprensa da cidade de Londrina destaca que o Tubarão não teria aceitado o valor de R$ 280 mil oferecido pela RPC. Segundo Amilton Stival, a situação sobre o Londrina Esporte Clube ainda não foi comunicada oficialmente à FPF. "Isso será averiguado, mas provavelmente se isso se confirmar, não poderão ser transmitidos apenas os jogos do Londrina como mandante", avalia. Além disso, o alviceleste também ficaria sem o dinheiro de placas de publicidade oferecido pela Federação.

AUMENTO

Iurk confirmou a reportagem do Diário dos Campos que já existe um acordo pré-definido com a TV para os valores das cotas de transmissão do estadual nos próximos dois anos: em 2014, o valor seria de R$ 305 mil, e subiria para R$ 320 mil em 2015.

0 Responses so far.