link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Agosto 2012

Publicado por Diário dos Campos em: 23/08/2012 - 00:00 | Atualizado em: 27/08/2012 - 23:24


O volante Patrick não deve retornar para o Operário em 2013
A torcida alvinegra já tem data definida para conhecer os novos reforços do Operário para a temporada de 2013. A diretoria do clube deve apresentar no dia 10 de setembro pelo menos cinco jogadores para o estadual do ano que vem. O goleiro Sílvio, o zagueiro Edmar (ex-Sertãozinho), o lateral Fabinho (ex-Cianorte), o meia Adoniram (ex-Santos) e o atacante Thiago Augusto (ex-Grêmio Maringá) estão na lista de atletas que devem defender o Fantasma no próximo ano.
 
A diretoria do Operário ainda trabalha para o retorno de peças importantes que participaram do Paranaense deste ano com a camisa alvinegra. O zagueiro Neguete e o volante Zé Leandro são as principais opções para a sequência do trabalho da equipe profissional em Vila Oficinas.
 
Na montagem do elenco para a próxima temporada, as revelações do clube, Maicom e Correia, devem seguir trabalhando no Germano Krüger. Os dois jogadores ainda não acertaram com nenhum clube e seguem treinando ao lado dos garotos das categorias de base. Já o volante Patrick está por empréstimo na Penapolense e deve disputar o Campeonato Paulista de 2013 com a camisa do clube recém-promovido à elite do futebol paulista. "É a oportunidade para ele jogar em um cenário mais forte do futebol nacional e aparecer para grandes clubes do país", afirma o diretor de futebol do Operário, Maurício Barbosa.
 
Outras jovens promessas do Fantasma como o goleiro Hyago, o volante Saymon e os meias Pedrinho e William estão emprestados ao Pato Branco para as disputas da 3ª divisão do Campeonato Paranaense. Os quatro atletas retornam ao Operário após o término da competição estadual.
A parceria com a LA Sports colabora para a chegada dos novos jogadores. Inclusive, a empresa de Curitiba já planeja enviar pelo menos um diretor da empresa para trabalhar como superintendente de futebol do clube. Nesse caso, Tico, que ocupa atualmente a função no Fantasma, poderá trabalhar mais perto da comissão técnica.
 
Na parte estrutural do Germano Krüger, a LA Sports já auxilia na reforma dos alojamentos das categorias de base do Operário e planeja a construção de camarotes em Vila Oficinas. "Essa parte ainda depende dos engenheiros, mas até semana que vem teremos novidades", explica o superintendente de futebol do Operário, Tico.

Por Geraldo Bubniak , Futebol Paranaense - 16/08/2012 às 09h52min

A LA Sports foi oficializada ontem como a mais nova parceria do Operário na gestão do futebol profissional. A empresa de Curitiba, que já atuou em clubes como Paraná, Avaí, Ponte Preta e Coritiba (os dois últimos com vínculos ainda vigentes), apresentou seus planos para o clube ponta-grossense.

O empresário Luiz Alberto Martins de Oliveira Filho explicou os detalhes de mais uma parceria que o clube de Vila Oficinas firma para gerenciar o futebol. A LA Sports chega para atuar em conjunto com a "Ponta Grossa Assessoria Desportiva", fundo de investidores criado recentemente por pessoas ligadas ao Operário.

De acordo com Luiz Alberto, a sua empresa será responsável por gestão e montagem de elenco, suporte e melhoria na infraestrutura do clube, investindo tanto na equipe profissional como na base. As metas, responsabilidades e discurso adotados pela LA são bastante semelhantes às empresas que passaram pelo clube antes.

O grupo capitaneado por Luiz Alberto promete, além de contratações - e lucros divididos com o Operário em caso de vendas - também foram cogitadas reformas no estádio, alojamentos e academias, tudo com o objetivo de transformar o time ponta-grossense em uma referência estadual, inicialmente, e em seguida nacional. Em três anos a empresa espera ter o Operário na Série B do Campeonato Brasileiro, mesma meta traçada pela Premier Soccer, grupo de empresários do Rio de Janeiro que manteve parceria com o alvinegro até o ano passado.

Luiz Alberto evitou comparar o trabalho de sua empresa com a antecessora no Operário, preferindo exaltar os feitos em outros clubes do país. "Não quero comparar, não conheço a Premier, já a LA todo mundo conhece", disse, citando as parcerias feitas pela sua empresa.

O contrato firmado entre Operário e LA Sports é de inicialmente um ano de duração, em seguida sendo renovável por mais nove. A justificativa de Luiz Alberto para este primeiro ano de experiência é para algumas partes se conhecerem. "Por mim fazia dez ano direto, mas pode ser que as pessoas não queiram, mas um ano eu acho um período bom tempo para se conhecerem", disse.

Por fim, Luiz Alberto evitou fazer projeções para este ano de parceria, adiantou que já tem quatro jogadores contratados para a o Estadual do ano que vem, e garantiu que Lio Evaristo segue como técnico. "Quem monta e escala o time é o técnico, o Lio é o treinador e espero que siga por muito tempo. Não tenho o menor temor de que esta parceria não vai dar certo".

Fonte Diário dos Campos