link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Operário vai a Itápolis para se manter vivo na Série D

Operário tem a estreia do meio campista Élvis e também do novo esquema tático. Agora o Fantasma vai jogar com três zagueiros

Por Emmanuel Fornazari, Net Esporte Clube

"Plantar trabalho para colher vitória!". Este lema vigorou por Vila Oficinas na última semana.

O novo comandante do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), Carlos Henrique Paiva, mais conhecido por Igor, implantou sua filosofia de trabalho baseada na motivação e esperança.

"Quero trabalhar com quem quer estar aqui. Se apenas dez estiverem com vontade, vou com dez para o jogo", garantiu o treinador.

O Operário enfrenta o Oeste, nesta final de semana, em Itápolis.

O empenho nos treinamentos mostrou uma equipe aplicado, apesar de problemas recorrentes, como ansiedade e erros de passe. "O diálogo é o melhor caminho para a confiança", explicou Igor, que conversou, individualmente, com cada jogador do elenco.

Dentro de campo, o treinador também modificou a equipe. Por melhor consistência defensiva, agora o Fantasma joga com três zagueiros. Para ele, se o time se defender bem, uma hora a chance de marcar aparece.

"Quando se muda de treinador, jogadores não aproveitados querem mostrar trabalho. É hora de mudar", comenta o diretor técnico, Jair Pereira. E isto aparece na equipe titular. São quatro mudanças em relação para o jogo contra o Oeste. Nelinho, João Paulo, George e Elvis ganham a oportunidade. Os três primeiros foram renegados pelo antigo treinador, Amilton Oliveira.

Para o jogo de sábado, o Operário vai adotar uma estratégia de precaução. "Não digo que vamos atuar recuados, mas sim nos protegendo bem para explorar contra-ataques e bolas paradas", adianta o técnico Igor.

O Fantasma embarcou hoje (26), às 8h, para Itápolis. A equipe deve entrar em campo com Fabrício; Marcelo, Nelinho, João Paulo; China, Zé Leandro, Serginho Paulista, Élvis, George; Marcelinho e Ícaro. A partida acontece neste sábado (27), às 18h30, no Estádio Municipal dos Amaros.

Matemática

Uma nova derrota elimina o Operário, porque o Oeste vai a 11 pontos e há o confronto, na próxima rodada, entre Mirassol e Cene. Se o Mirassol vencer também chega a 11 pontos. Já se o Cene vencer ou empatar vai a 13 ou 11 pontos, respectivamente. O Fantasma só poderia chegar a dez, ou seja, somente cumpriria tabela.

No entanto, um empate em Itápolis ainda dá chances de classificação. Porém, é preciso uma grande combinação. Há quatro resultados que eliminam o Operário direto, mesmo que vença os outros três jogos.

Se o Cene vencer o Mirassol; e Oeste vencer o Cerâmica
Se o Mirassol conseguir 4 pontos contra Cene e Cerâmica; e Oeste vencer o Cerâmica
Se o Cene vencer Mirassol; e Oeste vencer o Cerâmica ou o próprio Cene
Se o Cene empatar com Mirassol e Oeste; e Oeste vencer o Cerâmica
Ou seja, se o Operário empatar com o Oeste, vai ter que torcer muito, principalmente, para que o Oeste não vença nenhuma das duas partidas que terá.

Um outra combinação, ainda mais improvável, é classificação de Operário e Oeste. Se empatarem neste sábado, isto acontece se o Oeste vencer as duas partidas e o Operário vencer suas três. Aí, o Mirassol precisa vencer o Cene e perder para o Cerâmica, ou empatar com Cene e Cerâmica, ou ainda perder para o Cerâmica e o Cene empatar com o Mirassol. Ainda assim, o Operário teria que ter um bom saldo positivo. Hoje o saldo do Fantasma é -5.

0 Responses so far.