link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Diretoria anuncia novo técnico

Net Esporte Clube - 16/08/2011

OFEC anuncia novo técnico após 13 pontos em 13 jogos
Novo treinador chega pedindo motivação dos atletas. Diretoria diz que resultados motivaram demissão e agradece a Amilton por serviços prestados.

Na manha desta terça-feira, a diretoria do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) anunciou a substituição de Amilton Oliveira por Carlos Henrique Paiva, conhecido por Igor (por conta de um acontecimento pessoal, ex-treinador do sub-20, no comando técnico. A mudança vem após enfáticos pedidos da torcida para a retirada do comandante.

Depois de conseguir alcançar o terceiro lugar no campeonato paranaense - melhor campanha do Operário na competição - Oliveira não conseguiu dar sequência ao bom trabalho. O declínio da equipe começou até mesmo no próprio estadual, após a vitória contra o Altético-PR, em Curitiba, por 2 a 0.

Nos últimos 13 jogos oficiais, o Operário acumula apenas 13 pontos, de 39 possíveis. Um aproveitamento de 33,3%. Antes de ser demitido, o treinador do Operário considerava não ser prudente a análise, porque agregava dois campeonatos diferentes.

"Não tem nada a ver. O queda no paranaense foi porque não tínhamos mais chance de cair, tampouco sermos campeões. E na série D começamos mal, mas estamos nos recuperando", afirmou há uma semana. A equipe não se recuperou e perdeu por 2 a 0, em pleno estádio Germano Kruger, para o Oeste-SP.

Foi a gota d'água para a torcida, que além de pedir a demissão do treinador, gritou pela saída do presidente, Carlos Roberto Yurk, e da Premier Soccer, grupo gestor do Operário. "Vivemos de resultado e é fato que não tivemos agora. O Amilton é um grande treinador, mas precisávamos da mudança", explica o diretor técnico, Jair Pereira.

O novo treinador, Carlos Paiva, ostenta discurso de motivação para o prosseguimento do campeonato. "Vou analisar quem quer continuar neste projeto, quem está com vontade e estes são os jogadores que vão entram em campo. Quem estiver com o melhor espírito e técnica vai para o jogo. Precisamos de motivação", enfatiza.

Boicote do grupo?

Torcedores e imprensa divulgavam um possível boicote dos jogadores para tentar a queda de Amilton Oliveira. O diretor técnico, Jair Pereira, acredita que esta situação não aconteceu. Questionado se as declarações de falta de vontade dos jogadores ditas pelo antigo técnico no jogo contra o Cene motivaram a demissão, Jair Pereira afirmou "que no futebol se vive de resultados".

"Se esta foi a opinião do Amilton, é de direito dele. Todos nós falhamos e agora temos que arrumar a casa. Não acredito que aconteceu uma tentativa de derrubar o técnico. Os jogadores tentavam, mas não conseguiram", reforçou, Pereira.

0 Responses so far.