link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Elenco alvinegro tem maioria "caseira"


Por Geraldo Bubniak, Futebol Paranaense, em 11/06/2011

Com 25 jogadores já certos para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, o elenco do Operário tem boa parte de seus jogadores já ambientados ao clube ponta-grossense. Do grupo já confirmado para o segundo semestre, nove vieram de outros clubes, enquanto os demais, ou integraram o elenco no primeiro semestre, ou vieram do time sub-20 de Vila Oficinas.

Filipe, Bruno Silva, Felipe, Tadeu, João Paulo, André, Patrick, Correia, Edson Grilo, Serginho Paulista, Zé Leandro, Ceará, Dhiego Martins, Ícaro, Mateus e Vinícius Pará formam o grupo de atletas que já se encontravam em Vila Oficinas no primeiros seis meses do ano. Destes, apenas quatro não foram relacionados ao longo da campanha do Paranaense. Mesmo Vinícius Pará, um dos três que "subiram" da equipe sub-20, chegou a ser relacionado para alguns jogos do Estadual (a Final do Interior, inclusive, quando esteve no banco de reservas). O caso de Bruno Silva é singular, já que o lateral-direito pertencia ao elenco profissional alvinegro mas não foi aproveitado por conta de sua documentação, regularizada somente agora.

A maioria já presente em Vila Oficinas pode ser uma barreira até mesmo para aqueles que já estavam no clube. Egressos do time sub-20, Patrick, Correia e Vinícius Pará se tiverem oportunidade na equipe terão de superar fortes concorrentes. Os dois primeiros, volantes, têm como colegas de setor além de Serginho Paulista e Grilo, titulares e destaque no Estadual, também Zé Leandro (atuante em boa parte do Paranaense), e o recém-chegado Cícero. Já Vinícius Pará sobe ao time principal com a responsabilidade de ter sido o grande destaque do sub-20 alvinegro, mas terá a "concorrência" de Ícaro e Mateus, titulares em boa parte do Paranaense, além de Dhiego Martins e o reforço Luciano, que chega após boa campanha com a camisa do Arapongas. “O objetivo era subir para o time principal. Agora que consegui é trabalhar forte e procurar uma brecha, o grupo é forte, tem bons jogadores, mas já participei de alguns jogos e treinei com o profissional. Tem que que trabalhar”, resume o atacante.

As contratações, praticamente fechadas, foram: Fabrício (ex-Rio Branco), George (ex-Arapongas); Fabiano (ex-Bangu) Vitor Ramires (Marcílio Dias), Nelinho (ex-Red Bull-SP, e não Arapongas, conforme notificado ontem), Cícero (ex-Corinthians-PR); Bruno Ferreira (ex-Fluminense) e Luciano (ex-Arapongas).

Fonte: Diário dos Campos - Jeferson Augusto

0 Responses so far.