link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Operário consegue reação incrível, mas perde no fim

Fantasma leva 2 x 0, empata, mas toma terceiro gol e perde em Curitiba

Por Vitor Hugo Gonçalves,
Net Esporte Clube

Foi o melhor jogo do Paranaense 2011 até agora. Operário e Coritiba empolgaram os torcedores no domingo de Carnaval e fizeram uma partida digna dos dois times que terminaram o primeiro turno nas duas primeiras posições. O Coxa venceu por 3 x 2, mas o Fantasma mostrou que vai mostrar muita força ainda em 20Adicionar imagem10.

Mantendo as caracteristícas que lhe renderam a melhor campanha do campeonato, o Coritiba começou o jogo pressionando e o Operário demorou a se encontrar no jogo.

O Coritiba abriu o placar com Marcos Aurélio, depois de cruzamento de Eltinho. O Fantasma teve uma grande chance para empatar, quando Matheus recebeu lançamento em profundidade e saiu na cara de Edson Bastos, mas a finalização foi horrivel.

Quando o Fantasma tinha mais posse de bola e ensaiava uma pressão sobre os donos da casa, o auxiliar Roberto Bratz sinalizou uma falta próxima a entrada da área. Marcos Aurélio cobrou e na sobra Davi dominou e chutou no ângulo. Um golaço e amplo domínio alviverde no placar: 2 x 0.

Na volta para o intervalo, o técnico operariano, Amilton Oliveira, resolveu arriscar. Sacou o lateral-esquerdo Gilson e colocou o atacante Dhiego Martins, deslocando Grilo para a lateral. O Operário era só ataque e o Coritiba parecia perto de concretizar uma goleada.

Porém, tudo mudou quando Amilton resolveu fazer a segunda modificação, colocando o meia Serginho Catarinense na vaga do centroavante Ícaro. Em dois minutos o Operário empatou.

Primeiro Ceará puxou o contra-ataque e construiu uma excelente jogada individual. Ele passou por três jogadores do Coritiba e chutou de fora da área para marcar um golaço e assustar a torcida local.

Quando muitos torcedores ainda comentavam o primeiro gol, Lisa recebeu na lateral-direita, driblou pro meio e resolveu arriscar o chute com a perna esquerda. Mais um golaço. Edson Bastos apenas se ajoelhou e acompanhou a bola entrar no ângulo esquerdo. Tudo igual: 2 x 2.

Aí o jogo ficou aberto, as duas equipes queriam a vitória e estavam dispostas a correr riscos para alcançar o objetivo. Quem conseguiu foi o Coritiba. Anderson Aquino, que entrou no segundo tempo, cruzou e encontrou Bill sozinho dentro da área, Vinícius apareceu para tentar cortar e na disputa o atacante finalizou e definiu o jogo. Vitória coritibana por 3 x 2.

Durante a entrevista coletiva, o técnico Amilton Oliveira elogiou o poder de reação da equipe, mas lamentou a falha no fim e o resultado negativo. "Só o que nos resta é trabalhar mais. Amanhã já tem treino e quarta queremos nos recuperar. Fizemos um bom jogo, mas não aceitamos a derrota.", afirmou.

0 Responses so far.