link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Fevereiro 2011

Por Geraldo Bubniak, Futebol Paranaense

No encontro dos alvi-negros em jogo válido pela última rodada do primeiro turno do Paranaense 2011, o Operário enfrentou o Corinthians-PR no Germano Krüger, em Ponta Grossa, e goleou por 4 a 1.

Com a vitória o Fantasma termina a primeira fase como melhor do interior, o time somou 22 pontos em 11 jogos e ficou na apenas atrás do Coritiba na classificação. O Corintians terminou em 7º com 15 pontos.

O Fantasma começou o jogo com tudo, Cambará aos 23 segundos de jogo marcou o primeiro e o mais rápido do campeonato. O gol assustou o Corinthians que passou a marcar forte o time da casa. No final da primeira etapa, o time de Curitiba cochilou e Dhiego Martins aos 44 e Ícaro aos 45 min definiram o placar do primeiro tempo.

No segundo tempo o quarto veio aos 26 min, novamente com Cambará. O Timãozinho fez o de honra gol Rodrigo Hote aos 43 min.

Na primeira rodada do segundo turno, o Operário enfrenta o Coritiba no Couto Pereira, em Curitiba e o Corinthians recebe o Paraná no Janguito Malucelli. A pontuação dos times na tabela é zerada e o campeão enfrenta o Coxa na final.

Veja a Classificação

OPERÁRIO 4 X 1 CORINTHIANS PARANAENSE
Data: 27/02/11 – Domingo
Local: Estádio Germano Krüger Ponta Grossa
Horário: 16:00 Horas
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Adair Carlos Mondini e Daniel Cotrim de Carvalho

Renda R$ 63.035,00
Publico pagante 4.104

OPERÁRIO: Ivan; Lisa; Alisson e André; Gilson; Cambará, Serginho Paulista, Edson Grilo e Ceará; Dhiego Martins e Ícaro(Hevandro).
Técnico Amilton Oliveira

CORINTHIANS-PR: Walter; Willian(Paulinho), Neto, Elton e Digão; Leandro, Cícero, Safira e Adriano Gabiru; Renan e Rodrigo Hote.
Técnico: Amauri Knevitz.

Postado por Elisete XNS às 18:14 0 Comments


Por Alexandre Costa, Net Esporte Clube

Já sabendo por antecipação que teria que escalar a zaga ‘reserva’ para o jogo de domingo por conta da suspensão de João Paulo e Vinicius, o técnico Amilton Oliveira não teve muito trabalho para escalar o time titular. Alisson e André, que fará sua estreia, jogam na defesa, tendo ainda como destaque os retornos do lateral Gilson e do meia Ceará. Mateus, ainda se recuperando de lesão na coxa, segue fora.

Sem zagueiro reserva e a opção de improvisar o volante Lucas na posição, o treinador vai definir o banco de reservas após o treinamento deste sábado. Contudo, os titulares estão certos e são os seguintes: Ivan; Lisa; Alisson e André; Gilson; Cambará, Serginho Paulista, Edson Grilo e Ceará; Dhiego Martins e Ícaro.

Volante Cambará reforça trabalho do setor defensivo e confia em vitória contra o Corinthians Paranaense; Fantasma tem a terceira melhor zaga do Campeonato com nove gols sofridos

Por Alexandre Costa, Net Esporte Clube e
Jornal da Manhã

Com a terceira defesa menos vazada do Campeonato Paranaense, o Operário aposta no poder de marcação e na força do ‘conjunto’ para se firmar como o melhor do interior – e assim garantir vagas em torneios nacionais como a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série D. Com a experiência do volante Cambará, que defende o Fantasma desde 2009, o time encara o Corinthians Paranaense com a missão de garantir mais uma vitória no Estadual e seguir entre os líderes

Destaque na Divisão de Acesso em 2009 e vindo como reforço para o Brasileiro da Série D no ano passado, Cambará que chegou em alguns momentos assumindo a função de meia armador, confirma que encontrou seu espaço no time. “Eu sou volante. E o destaque do nosso time também é a marcação, tendo uma das zagas menos vazadas”. Hoje, as melhores defesas são do líder Coritiba e do Arapongas, com sete gols sofridos. O Operário aparece na sequência com nove gols seguido pelo rival de amanhã, o Corinthians Paranaense, que até agora levou 11 gols.

E com uma série de três vitórias consecutivas, o volante confirma o excelente momento vivido pelo clube. “O clima é de bastante tranqüilidade e só fica melhor se a gente ganhar no domingo. O time todo está bem e vamos em busca da vitória para ter condições melhores no segundo turno, podendo até abrir cinco pontos dos rivais dependendo dos resultados. Mantendo a mesma pegada sabemos que temos condições de até brigar por um lugar na final”, destaca.

VISITA

Os atletas do Operário tiveram no treino de ontem uma manhã diferente com a presença de jovens de um projeto social. Os garotos e garotas foram levados pelo ex-jogador Zé Ricardo e puderam conversar com atletas, tirar fotos e ainda pegar autógrafos. Os visitantes também entrevistaram os integrantes da comissão técnica em um momento de descontração ao lado dos ídolos. “É muito legal esse contato e melhora o astral do time com esses jovens”, diz o treinador Amilton Oliveira.

Por Jeferson Augusto, Diário dos Campos

Levantamento feito pelo engenheiro João Amilton Mendes, servirá para eventuais reformas e ampliação do Germano Krüger

Vislumbrando uma eventual ampliação, o Operário recebeu um detalhamento arquitetônico do Germano Krüger, assinado pelo engenheiro João Amilton Mendes. São mais de 30 folhas que detalham a estrutura da casa do clube ponta-grossense, como aspectos de iluminação, arquibancadas, campo, bilheteria, áreas vazias, entre outros.

“Até hoje não tinha um levantamento de todas as edificações existentes. É um levantamento de suma importância, para diversas finalidades, como manutenção, reparos, ampliações e embasamento para um futuro projeto”, explica João Amilton Mendes, doutor em engenharia pela USP (Universidade de São Paulo).

No levantamento, iniciado em dezembro do ano passado, foram detectados itens que servirão para a manutenção do estádio, bem como sugestões de melhorias, além de constatar a real capacidade de público da praça esportiva, para cerca de 10400 torcedores. “Foi feito um plano de manutenção e reparos no estádio. A estrutura está boa, mas carente de manutenção, este levantamento serve para detectar alguns problemas que podem ser melhorados. Tem algumas coisas que têm relativa urgência em serem feitas”, alerta Mendes.

O detalhamento arquitetônico feito por Mendes, juntamente com uma equipe de projetistas, da empresa Tesp, servirá para embasar um projeto que deixará o Germano Krüger com capacidade para até 20 mil espectadores. “É um projeto moderno, mas é preciso ter pés no chão, executá-lo em etapas, mas a ideia não é ficar no papel”, diz o engenheiro.

De acordo com o presidente do clube, Carlos Roberto Iurk, o projeto arquitetônico é fundamental para os próximos passos do Operário. “Essa documentação não será só para arquivo, mas também é o primeiro trabalho para uma futura ampliação e reforma do Germano” comenta.

Contra o Corinthians-PR
De olho no próximo compromisso, contra o Corinthians-PR, o técnico Amilton Oliveira começa a traçar o esboço do time titular que irá encerrar o primeiro turno do Campeonato Paranaense. Para o meio de campo, as opções devem ser Edson Grilo, Serginho Paulista, Cambará e o retorno de Ceará. Zé Leandro ainda deve seguir fora, se recuperando de lesão, Diego Palinha, que entrou no segundo tempo contra o Iraty, queixou-se de dores, mas deve seguir como opção para o banco.

Na defesa, Gilson retorna após cumprir suspensão, e a dupla de zaga deverá ser formada por André e Alisson, já que os titulares Vinícius e João Paulo receberam o terceiro amarelo.

Postado por Elisete XNS às 21:14 0 Comments

Image Hosted by ImageShack.us

Por Alexandre Costa, Net Esporte Clube

Membros do grupo gestor do Operário receberam nesta semana o projeto arquitetônico da situação existente do estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Com o projeto iniciado em dezembro, a documentação retrata a situação real da estrutura da construção como aspectos de iluminação, arquibancadas, campo, bilheteria, áreas vazias, entre outros.

Para o engenheiro civil que realizou o projeto, João Amilton Mendes, a estrutura do Germano está em boas condições, porém precisa de alguns reparos e manutenção. “Essa documentação é necessária, pois serve tanto para vistorias, quando para futuros reparos e reformas, pois mostra todos os ângulos do espaço” diz.

De acordo com o presidente do clube, Carlos Roberto Iurk, o projeto arquitetônico é fundamental para os próximos passos do Operário. “Essa documentação não será só para arquivo, mas também é o primeiro trabalho para uma futura ampliação e reforma do Germano”, comenta.

Tranquilidade e animação marcam retorno dos treinamentos; time vai buscar a vitória contra o Corinthians Paranaense para fechar primeiro turno na vice-liderança do Estadual 2011

Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

Os atletas do Operário retomaram ontem os treinamentos após a vitória sobre o Iraty que deixou o Fantasma na vice liderança do Campeonato Paranaense na penúltima rodada do primeiro turno. Os trabalhos foram em dois períodos, com academia pela manhã e treino com bola no campo da Kurashiki à tarde. Os trabalhos reforçaram jogadas de ataque e de defesa, além da movimentação em campo. Mateus, que só volta contra o Coritiba, foi a principal ausência. Zé Leandro e Diego Palhinha fizeram um trabalho separado para a recuperação física.

Em um clima de tranqüilidade e animação, os atletas demonstravam confiança para o próximo desafio marcado para domingo, contra o Corinthians Paranaense, em Ponta Grossa. No entanto, todos sabem da responsabilidade, já que o título de campeão do interior e as vagas na Copa do Brasil e no Brasileiro da Série D levarão em conta a somatória de pontos dos dois turnos. “Sempre estaremos buscando a vitória. Se chegar na parte de cima da tabela é difícil, é ainda mais difícil se manter. Sabemos da nossa responsabilidade e vamos atrás de nosso objetivo que é sim um lugar na final”, diz Serginho Paulista.

Postado por Elisete XNS às 19:36 0 Comments

Image Hosted by ImageShack.us

Fantasma faz grande segundo tempo, vira o jogo com gols de Dhiego Martins e Ícaro e sobe na tabela

Definitivamente foi um grande clássico regional, com direito a gramado encharcado pela chuva, vitória de virada, penâlti com cavadinha, empurra-empurra, reclamação da arbitragem e estádio cheio. O Operário venceu e afastou dois tabus, o de não vencer o Iraty há mais de 30 anos e do desempenho ruim no Germano Krüger. Silvio abriu placar para os visitantes, enquanto Dhiego Martins e Ícaro garantiram a virada.

Apesar de todos os elementos para um grande jogo, o primeiro empo foi mediano, em parte pelas condições ruins do Germano Krüger, causadas por um temporal que atingiu a região de Vila Oficinas no começo da tarde e deixou o estádio sem luz até o intervalo.

No segundo tempo tudo mudou, começando pelas duas equipes. Osmar Júnior substituiu Serginho Catarinense no Operário e William entrou no Iraty.

O 'Azulão' saiu na frente depois de um escanteio, o volante Silvio apareceu sozinho no meio da zaga e cabeçeou sem chances para o goleiro Ivan. O gol causou silêncio na torcida operariana e euforia nos cerca de 100 torcedores do Iraty que ocuparam a parte reservadas a torcida visitante.

E quando os visitantes intensificavam os gritos de "o freguês voltou", o árbitro Nilo Neves de Souza Júnior marcou penâlti em cima de Dhiego Martins. O atacante pediu para bater e foi confiante para a bola. Ele só tirou a força, batendo com cavadinha e fez a alegria da torcida alvinegra.

A virada veio em seguida, em uma falta cobrada bem próxima a linha lateral do gramado, em frente a arquibancada coberta. Depois do cruzamento, Ícaro desviou de cabeça e fez o gol da virada. Aí os gritos dos torcedores mudaram de enfoque, os torcedores operarianos rapidamente improvisaram: "o tabu vai acabar".

E eles estavam certos, depois de 4 minutos de acréscimo, o árbitro apitou e os cerca de 3,7 mil torcedores celebraram a boa atuação da equipe e a segunda vitória em casa.

Fonte: --> Net Esporte Clube
Vitor Hugo Gonçalves
Publicado em 20/02/2011 às 20:04

Melhores Momentos
Fonte: RPC

Por Geraldo Bubniak, Futebol Paranaense

No Estádio Albino Tubay em Cianorte, o Leão do Vale conheceu a segundo derrota em casa. Na tarde deste domingo, o time do técnico Bagé enfrentou o Operário e perdeu por 4 a 2.

O Fantasma continua invicto jogando como visitante passadas nove rodadas do Campeonato Paranaense 2011. Com a vitória o Operário empata em numero de pontos com o Cianorte, 16 pontos,

O Operário fez a melhor partida no campeonato, com toque de bola e jogadas conscientes. Os gols do jogo foram marcados por Mateus aos 12 min e aos 43 min, Almir fez o do Leão aos 35 min do primeiro tempo.

No segundo tempo, Ceará fez aos 18 min, Geandro descontou aos 36 min e Alisson fechou o placar aos 44 min.

O técnico Bagé admitiu a derrota e falou que o Operário foi superior com contra-ataques rápidos e dará muito trabalho nesse campeonato.

No próximo final de semana os times voltam a campo, o Operário enfrenta o Iraty em Ponta Grossa e o Cianorte joga em Cascavel contra a Serpente.

Image Hosted by ImageShack.us

Postado por Elisete XNS às 15:22 0 Comments


Com dois desfalques, Amilton Oliveira é obrigado a improvisar Edson Grilo na lateral

Por Vitor Hugo Gonçalves, Net Esporte Clube

Para tentar manter a invencibilidade fora de casa, o Operário busca um bom resultado contra o Cianorte, no domingo às 17h, no estádio Albino Turbay. E para isso, o time terá duas alterações em relação a equipe que venceu o Paraná Clube na última rodada. Serginho Catarinense e Lucas Michels ganham as vagas de Lisa e Cambará, que cumprem suspensão.

Para a vaga de Lisa, o técnico Amilton Oliveira terá que improvisar. Sem Arílson, que pediu dispensa durante a semana, e Bruno, sem a documentação regularizada, a opção teve que ser pela improvisação do volante Edson Grilo, que já virou o coringa do time na temporada.

Com Grilo deslocado para a lateral, Lucas Michels ganha um lugar no meio-campo. A vaga de Cambará será preenchida por Serginho Catarinense, que volta a equipe depois de alguns jogos no banco.

A escalação do Operário será Ivan, Grilo, Vinícius, João Paulo e Gilson. Lucas Michels, Serginho Paulista, Serginho Catarinense e Ceará. Ícaro e Mateus.

Experiente árbitro é escalado pela Federação Paranaense de Futebol

Vitor Hugo Gonçalves

A Federação Paranaense de Futebol divulgou no fim da tarde de sexta-feira o complemento da escala de arbitragem da 9ª rodada do Campeonato Paranaense 2011. E depois de reclamar dos jovens escalados para os últimos jogos, o Operário terá o jogo comandando por Antônio Denival de Morais, um dos mais experientes árbitros em atividade no Paraná.

Ele esteve em partidas importantes da Divisão de Acesso em 2009 e no Paranaense 2010. Morais apitou a vitória por 1 x 0 em cima do Arapongas na fase final da Segundona, que deixou o Operário com um pé na primeira divisão e a derrota para o Roma Apucarana na última rodada, que custou o título do campeonato ao Fantasma.

No ano passado, foi ele quem decidiu suspender a partida contra o Cascavel, depois do temporal que inundou o gramado do estádio Germano Krüger.

Com Lisa suspenso e Arílson liberado, clube não tem opções

Por Vitor Hugo Gonçalves, Net Esporte Clube

Poucas horas antes do jogo contra o Paraná Clube, o lateral-direito Arílson pediu para ser liberado do Operário. Alegando outras propostas e ciente que não conseguir facilmente assumir a posição de titular, ele deixou Ponta Grossa após ser liberado pela direção do clube. Depois da partida, com a expulsão de Lisa, sobrou o problema para o técnico Amilton Oliveira.

Sem as duas opções que tinha para o setor, o técnico ainda não definiu o substituto. O clube vai tentar a liberação do lateral Bruno, que está treinando com o elenco desde a pré-temporada em Reserva, mas ainda não teve a sua documentação regularizada. De acordo com o gestor Dorli Michels, falta a liberação do ex-clube do jogador, o Marítimo (Portugal), para que o contrato seja registrado na Confederação Brasileira de Futebol.

Caso a situação não seja resolvida, Amilton vai ter que improvisar. Uma possibilidade seria escalar o volante Edson Grilo na lateral.

Dono da maior média de público do interior, Fantasma tem desempenho pífio em casa e 83% de aproveitamento fora

Por Vitor Hugo Gonçalves, Net Esporte Clube

Se dependesse do desempenho e dos resultados longe da torcida, o Operário Ferroviário era o líder Campeonato Paranaense 2011. Dos 12 pontos disputados fora do estádio Germano Krüger até o momento, 10 foram conquistados, o equivalente a um aproveitamento de 83%. Foram três vitórias e um empate nas quatro partidas disputadas até agora.

Coritiba e Cianorte também estão invictos fora de casa, mas tem menos pontos conquistados. O Coritiba venceu duas (uma contra o próprio Operário) e empatou duas, enquanto o Cianorte venceu duas e empatou uma. Porém, a invencibilidade longe da torcida do atual vice-líder do estadual pode cair nesta quinta-feira contra o Atlético/PR.

Dono da terceira melhor média de público do campeonato, atrás apenas de Atlético e Coritiba, o clube ponta-grossense está quebrando a lógica e jogando melhor fora de casa. As vitórias do Operário foram em cima de Cascavel na segunda rodada, Rio Branco na quinta e Paraná Clube na oitava. O empate aconteceu com o Roma Apucarana, pela sexta rodada.

No domingo o clube testa novamente a boa campanha fora de casa. Desta vez o adversário é o Cianorte, às 17h, no estádio Albino Turbay.

Mesmo perdendo várias oportunidades, Fantasma mostrou maior consistência tática e contou com a boa estreia do meia Ceará

Por Emmanuel Fornazari, Net Esporte Clube

O jogo começou complicado para o Operário. Mesmo com maior posse de bola, o zagueiro Vinicius vacilou e comentou pênalti. No entanto, o goleiro Ivan salvou, mais uma vez, defendendo a cobrança de Renato.

Logo em seguida, em jogada de estreantes, Ceará armou o ataque e a bola sobrou para Ícaro empurrar para o fundo das redes, aos 10 minutos.

Porém, a felicidade do Fantasma não durou muito. Kelvin, camisa 10, em bela jogada, empatou para o Paraná. O gol aconteceu aos 22 minutos. Logo após o empate, o Operário quase ampliou. Porém, o atacante Ícaro não soube aproveitar a oportunidade.

O jogo ficou equilibrado na metade do primeiro tempo. Após começar melhor, Operário diminui o ritmo. Porém, Paraná não conseguia coordenar as jogadas de ataque. O Fantasma apresentou melhor consistência tática durante todo o jogo.

O final do primeiro tempo presenteou a insistência do Operário. O volante Cambará mostrou visão de jogo e fez um belo gol para o Operário.

No começo da segunda etapa. Operário poderia ter aumentado a vantagem, mas o atacante Ícaro perdeu penalidade máxima. Depois, o Operário seguiu com o controle do jogo, mas perdendo muitas oportunidades. Já os jogadores reclamavam da arbitragem que deu oito cartões amarelos para os jogadores do Fantasma e expulsou o lateral Lisa.

O Paraná tentou aproveitar o calor do fim da partida para buscar o empate, mas a tentativa foi em vão. Ivan socou a bola e tirou a última chance do Paraná. O jogo terminou em 2 a 1 para o Operário. Com isso, o Fantasma volta para a quarta colocação, porém esperando os resultados do complemento da rodada do Parananese 2011 que acontece amanhã.

Na próxima rodada, o Operário joga contra o Cianorte, fora de casa, no estádio Albino Turbay, às 17h.

Publicado por Net Esporte Clube, em 08/02/2011

Ceará e Ícaro são relacionados pela primeira vez

Por Vitor Hugo Gonçalves

As duas principais novidades na lista de 18 relacionados pela comissão técnica do Operário Ferroviário para o jogo contra o Paraná Clube são o meia Ceará e o atacante Ícaro. Com a entrada dos dois, saem o lateral e volante Arílson e o atacante Fábio Buda.

Relacionados:

Goleiro: Ivan e Filipe.
Laterais: Lisa e Gilson.
Zagueiros: Vinícius, João Paulo e Alisson.
Volantes: Grilo, Cambará, Serginho Paulista e Lucas Michels.
Meias: Ceará e Serginho Catarinense
Atacantes: Hevandro, Dhiego Martins, Mateus e Ícaro.


Publicado por Net Esporte Clube, em 08/02/2011

Amilton muda o time em relação ao treino de segunda e escala três volantes novamente

Por Vitor Hugo Gonçalves

O Operário Ferroviário enfrenta o Paraná Clube nesta quarta-feira, às 21 horas, na Vila Capanema em Curitiba com a mesma configuração que vem sendo utilizada desde o início do campeonato. Depois de esboçar um time diferente no treino de segunda-feira, Amilton Oliveira confirmou a equipe com três volantes e apenas um meia. Ceará e Ícaro fazem a estreia, mas Rilber fica no banco de reservas.

Na atividade desta terça, realizada no estádio Germano Krüger, o técnico escalou novamente o volante Serginho Paulista, que havia sido sacado na segunda, entre os titulares. Com isso, Rilber, que segundo Amilton está sentindo o desgaste da sequência de jogos, perdeu o lugar no time.

"Rilber fez excelentes partidas contra Atlético, Rio Branco e Roma, mas está cansado. É o momento dele ser poupado um pouco", afirmou o técnico.

Ainda no treino desta terça-feira, o Operário fez um insistente trabalho com jogadas de bola parada e posicionamento defensivo. Como o Paraná está extremamente pressionado pela péssima campanha no estadual, a expectativa do comandante alvinegro é que jogam no estilo "kamikaze", correndo muitos riscos para conseguir a vitória.

O Fantasma vai a campo com Ivan, Lisa, Vinícius, João Paulo e Gilson. Edson Grilo, Serginho Paulista, Cambará e Ceará. Mateus e Ícaro.

Publicado por Net Esporte Clube com informações do Jornal da Manhã, em 08/02/2011

Insultos raciais oriundos das arquibancadas quase fizeram com que o treinador do Operário, Amilton Oliveira, abandonasse o comando da equipe após a derrota para o Paranavaí

Por Equipe N.E.C. e Diego Antonelli

Insultos raciais oriundos das arquibancadas quase fizeram com que o treinador do Operário, Amilton Oliveira, abandonasse o comando da equipe após a derrota para o Paranavaí por dois a um, no Estádio Germano Krüger.

Amilton enfatiza que atitudes preconceituosas não podem ser aceitas como 'normal'. "Esses problemas raciais me fizeram repensar se eu permaneceria como treinador do clube. A princípio eu permaneço, mas é necessário que algo seja feito para não termos mais esse tipo de problemas", afirma o treinador.

Amilton ressalta que críticas quanto à equipe, à escalação e às três derrotas em casa sofridas pelo Fantasma são, inclusive, necessárias. "Criticar o meu trabalho, não tem problema. Agora eu não aceito ofensas quanto à minha pessoa. Como treinador estou à mercê das críticas. E eu acho que tem que criticar mesmo a falta de vitórias em casa, a falta padrão de jogo, se fiz a escalação errada. Agora me chamarem de 'macaco' e 'preto vagabundo' é inadmissível", enfatiza o técnico.

O gestor do Operário Ferroviário, Dorli Michels, confirma que atitudes preconceituosas estão ocorrendo durante as partidas do Fantasma em casa e que o clube irá tomar medidas para que essa prática seja abolida das arquibancadas. "Infelizmente isso acontece desde quando Pedro Caçapa era o técnico do time. Nós repudiamos esse tipo de atitude e vamos fazer um cerco para evitar o preconceito nos estádios. Vamos conversar com a Polícia Militar para ver se é possível realizar alguma ação para prevenir e punir quem comete este tipo de crime", ressalta Michels.

Segundo ele, não é possível generalizar toda a torcida. "Isso é coisa de meia dúzia de torcedores que cometem essa prática infeliz e nós vamos lutar para que isso não ocorra mais", diz o gestor. De acordo com a legislação brasileira, o crime de racismo é inafiançável e imprescritível. A pena para quem comete esta prática varia de uma a três anos de detenção.

Publicado por Net Esporte Clube, em 07/02/2011

Amilton Oliveira muda o time depois da derrota em casa e promove novidades

Por Vitor Hugo Gonçalves

Para tentar encontrar a vitória novamente e afastar a desconfiança da torcida, o Operário terá pelo menos duas mudanças na equipe titular. E serão duas estreias. O meia Ceará e o atacante Ícaro tiveram a documentação regularizada hoje e enfrentam o Paraná Clube na quarta-feira, às 21 horas.

O técnico Amilton Oliveira conversou bastante com o elenco e parou várias vezes o treinamento para orientar e cobrar um melhor posicionamento da equipe. Durante o treino, o lateral e capitão Lisa conversou bastante com o técnico e com time, passando a opinião dos jogadores sobre a melhor maneira de acertar as funções em campo.

Com as entradas de Ceará e Ícaro no time titular, sobrou para o atacante Hevandro e para o volante Serginho Paulista, que vão para o banco.

O último treino antes da viagem para Curitiba, que está marcada para às 14 horas de terça-feira, acontece pela manhã. A atividade está marcada para às 9h30, no Germano Krüger.

Publicado por Net Esporte Clube, em 05/02/2011


Roberto e Edenílson, ex-Operário, fizeram os gols do vermelhinho. Com o resultado, Paranavaí ultrapassa o Operário na tabela

Por Emmanuel Fornazari

Um primeiro tempo que deixou a desejar para a torcida do Operário. No entanto, Mateus desencantou e abriu o placar com um belo gol aos 45 minutos.

Porém, em cinco minutos o ACP virou o jogo. Aos 7 do segundo tempo, em uma cobrança de falta que desviou no zagueiro João Carlos, do Operário, Roberto empatou o jogo. Logo após, aos 12, Edenilson, ex-Operário, recebeu livre, driblou o goleiro Ivan e virou a partida.

O técnico, Amilton Oliveira, mudou a equipe, mas as alterações não surtiram efeito. A torcida esbravejou e protestou contra os jogadores. O meia, Serginho Catarinense, enfatizou que a cobrança vai acontecer, "mas agora é necessário buscar os pontos fora de casa".

Esta foi a terceira derrota do Operário em casa em quatro partidas. Na próxima quarta-feira, o Fantasma enfrenta o Paraná Clube, no Durival de Brito. O jogo acontece às 21h.


Image Hosted by ImageShack.us

Postado por Elisete XNS às 18:41 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us





Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us


Campeonato Paranaense 2010

Postado por Marcos Borkowski às 12:40 0 Comments