link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Quatro absolvidos e dois condenados no Operário


Supervisor Tico e massagista Jefferson Lourenço pegam pena mínima. Rafael Leandro, Caçapa, Sfeir e clube são inocentados de acusações depois do jogo contra o Serrano

Image Hosted by ImageShack.us
Tico pegou a pena mínima de 15 dias e multa de 100 reais


Por Vitor Hugo Gonçalves, NET Esporte Clube

O Operário respira aliviado depois do resultado do julgamento na noite desta segunda-feira no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná. O clube, que precisava se defender de um total de 16 acusações, que iam desde a cotovelada de Rafael Leando as ameaças e ofensas morais do supervisor Tico e do gerente Marcelo Sfeir, conseguiu "o melhor resultado possível", segundo a avaliação do advogado Domingos Moro.

O atacante Rafael Leandro foi suspenso por apenas um jogo, já cumprido e fica a disposição para enfrentar o Atlético-PR. O técnico Pedro "Caçapa" Damião foi absolvido da acusação de invasão de campo, assim como Sfeir, acusado de incitar a violência e ofender o quarto árbitro Sandro Schimidt. O clube, denunciado por não oferecer as condições necessárias de segurança, também foi inocentado.

Do lado dos culpados, a pena mínima foi aplicada. O supervisor Admílson "Tico" de Oliveira, enquadrado pelas mesma acusações que Marcelo Sfeir, foi suspenso por 15 dias e deverá pagar uma multa de 100 reais. O massagista Jefferson Lourenço cumpre o gancho de jogo contra o Atlético-PR e também deve recolher 100 reais aos cofres do TJD

O ex-preparador físico do Operário e atual técnico do Roma Apucarana, Richard Malka, foi absolvido.

0 Responses so far.