link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Operário mantém retrospecto no Germano Krüger


Equipe tropeça mais uma vez e acumula quarto empate em sete jogos em casa. Aproveitamento no estádio é de 38,09%

Image Hosted by ImageShack.us

Fantasma teve mais um resultado ruim em casa



Por Emmanuel Fornazari

Atuar em casa na volta à elite do Futebol Paranaense não tem sido vantagem para Operário. Outra vez, a equipe tropeçou e deixou escapar pontos fundamentais na luta por uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Neste domingo, em partida válida pela terceira rodada do octagonal final, o Fantasma recebeu o Corinthians-PR, adversário direto por um lugar na quarta divisão do nacional.

A equipe de Vila Oficinas dominou a maior parte do tempo. Porém, esbarrou novamente nos erros de criação e finalização.

A maior posse de bola não se refletia em boas oportunidades, e o meia do Operário, Serginho Catarinense, na saída para o intervalo, reinterava qual era o maior problema da equipe.

"Nós temos que criar mais para conseguir chegar ao gol. Não estamos conseguindo fazer isso. Vamos melhorar para o segundo tempo", explicou o capitão do Operário.

No entanto, na segunda etapa, o Fantasma continuou jogando igual ao primeiro tempo. A equipe dominava, mas não conseguia chegar com perigo ao gol do corinthiano Colombo.

Já o Corinthians-PR saia com mais qualidade para o ataque. Em duas jogadas o goleiro do Operário, Osmar, teve que sair bem do gol para salvar a equipe. O goleiro entrou lugar do titular Filipe, que torceu o joelho no final do primeiro tempo.

E quem sai na frente foi justamente o time da capital. Aos 40 minutos, após cruzamento da esquerda, William, mesmo caído, conseguiu empurrar a bola para o fundo da rede.

Entretanto, o Operário reagiu rápido. Já na saída de bola, o Fantasma armou jogada pela direita, e Marcelinho cruzou para a cabeçada de Dyego Souza empatar o jogo. O atacante saiu pedindo silêncio para a torcida, que esboçava uma vaia após o gol dos visitantes.

O time de Ponta Grossa apertou nos minutos finais, mas não conseguiu virar a partida. Com isso, o Operário conquistou o seu quarto empate jogando em casa em toda a competição. Dos sete jogos no Germano Kruger, perdeu ainda dois jogos e ganhou também dois. Esse número equivale somente 38,09% dos pontos nos jogos em casa.

Porém, os jogadores não desanimam e prometem continuar lutando pela vaga na Série D. "Sabemos que vai difícil, mas temos que nos concentrar e conseguir os pontos fora de casa. Vamos quarta-feira continuar honrando essa camisa", afirmou o lateral Lisa.

O capitão, Serginho Catarinense, reforçou a idéia. "Não vamos desistir. Enquanto tivermos chances, vamos lutar. Temos que fechar o grupo cada vez mais".

No octagonal final, o Operário joga apenas mais uma vez em casa, na sexta rodada, contra o Paranavaí. Nas próximas duas, a equipe vai à capital enfrentar, em sequência, Atlético-PR e Coritiba.


O Fantasma, ainda quinto colocado, enfreta o rubro-negro, vice-líder, já na quarta-feira, ás 21h50. O Lance a Lance acompanha em tempo real a partir das 21h20.

Ficha técnica de Operário 1 x 1 Corinthians-PR

Operário: 1 - Filipe ( 12- Osmar), 2 - Lisa, 3 - João Renato, 4 - Dellazari, 6 - Gilson ( 16 - Marcelinho); 5 - Dário, 7 - Serginho Paulista, 8 - Serginho Catarinense, 10 - Ceará, 11 - Baiano ( 17 - Dyego Souza - Gol) , 9 - Clênio

Corinthians-PR: 1 - Colombo, - 2 - Saimon ( 14 - Thiago), 3 - Peixoto, 4 - Elton, 5 -Rafael (Amarelo), 6 - Rodrigo , 7 - Ronaldo, 8 - Cicero, 9 - Bruno Batata ( 17 - Oliveira) , 10 - William, 11 - Andrezinho

Arbitragem: Edvaldo Lambert dos Reis
Assistentes: Maurício JosMarquesé Braga e Renata Paula Guimarâes
Quarto árbitro: Rodolpho Toski

Fonte: Net Esporte Clube

0 Responses so far.