link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias: Março 2010

Complemento do jogo da primeira rodada, começa com 31 minutos do primeiro tempo


Emmanuel Fornazari


Fim de papo no Lance a Lance! A equipe Net Esporte Clube agradece a sua companhia e convida para acompanhar Operário e Corinthians-Pr, no domingo, a partir das 18h. Abraço!!!

Abre aspas: "Mais uma vez criamos chances e não soubemos aproveitar", criticou o volante Dário, do Fantasma

Abre aspas: "Sempre treino esse tipo de jogada. Hoje tive sorte e a bola entrou", comentou Rafael, autor do gol de empate do Cascavel

Abre aspas: "Foi um erro individual, mas temos que dar força para Filipe. Ele já nos ajudou muito. Vamos corrigir os erros para somar pontos e buscar a série D, que não é impossível", explicou o capitão do Operário, Serginho Catarinense

Abre aspas: "Assumo toda a responsabilidade pelo gol de empate do Cascavel", afirma o goleiro do Operário, Filipe

Não deu! Fim de jogo no Germano Kruger. Operário empata em casa com Cascavel

Amarelou! Mineiro leva cartão após falta em Gilson. Pode ser a última chance do Operário

46' Dyego Souza desvia de cabeça pra fora na cobrança de escanteio

45' Indicados mais três minutos para esse segundo tempo

GOOOOOLLLLLLLLL DO CASCAVELLLLLLL! Rafael faz um golaço do meio da rua no Germano Kruger! Tudo igual de novo

Opa!!! Antonio Denival de Morais atrapalha o atacante Mineiro do Cascavel que fica na bronca com o árbitro

37' Quase! Gilson arremata para o gol de fora da área e Veloso manda para escanteio. Pressão do Fantasma

Última mudança! O Cascavel usa sua última substituição. Sai Ederson para a entrada de Rondinei

35' Dyego Souza aparece mais uma vez. Atacante desvia cruzamento de Lisa. Bola se perde pela linha de fundo

33' Gilson cruza para corte da zaga. Mais um escanteio para Operário

Mudou de novo! Entra Vagner para a saída de Rincon. Cascavel se fecha ainda mais, mesmo perdendo por 2 x 1

Mudou! O zagueiro Ciro entra para recompor a defesa no lugar Kim

Vai pro chuveiro! Rodrigo faz falta dura em cima de Baiano e leva o cartão vermelho. Falta perigosa para o Operário

27' GOOLLLLLLLLLLLLLL DO FANTASMAAAAAAAA! Dyego Souza cabeceia bonito no canto e faz o seu primeiro gol no Paranaense! Agora Operário 2 x 1 Cascavel

Quase - 24' Clênio fica livre na grande área, mas Veloso sai bem e joga para escanteio

Mudou! Dyego Souza reaparece no Operário. Jogador fez três gols no último coletivo. Quem sai do time é Rafael Leandro

21' Operário domina o jogo, mas esbarra na boa marcação do Cascavel. Oportunidades surgem após chutes de fora da área ou cruzamento. Entrar tocando está quase impossível

19' Clênio chega um pouco atrasa e perde a chance de estufar as redes. Ainda, um a um no Germano Kruger

18' Veloso impede chega de Clênio, após chute de Baiano

Salvou! - 16' Baiano desvia de cabeça e Veloso impede o gol do Fantasma

Amarelou! Ederson faz perto da área. Catarinense na bola

14' Operário não consegue entrar na área do Cascavel. Assim, Clênio busca mais um chute de fora da área, sem êxito

Amarelou! Leonardo é punido por falta no lado esquerdo do campo. Sétimo cartão amarelo do jogador na competição

8' Mais um chute de fora! Baiano experimenta, bola desvia na zaga e quase complica a vida do arqueiro da Serpente

6' Catarinense arrisca de fora da área. Bola passa perto do gol de Veloso, do Cascavel

Contra-ataque! Cruzamento da direita encontra Mineiro do Cascavel livre dentro da área. Atacante cabeceia mal e a bola vai pra fora sem perigo

4' Clênio recebe bom passe de Serginho Catarinense, mas desperdiça chance

Boletim: Público e renda ainda não foram divulgados. Mas os presentes soma basicamente os mesmo 4 mil da semana passada

1' Operário volta igual ao primeiro tempo e no ataque. Cascavel mantém retranca, também com o mesmo time

Começa a etapa final! Bola rolando para o segundo tempo

Abre aspas: "Estamos jogando bem. Temos que continuar marcando assim e atacar na hora certa para levar os três pontos para Cascavel", indicou o atacante do Cascavel, Rincon

Abre aspas: "Está apertado. Não estou conseguindo abri espaço", reclama o atacante do Operário, Baiano

Intervalo na rede! Agora fique por dentro do que os jogadores estão dizendo ao sair para o vestiário

45' Sem acréscimos, o juiz encerra o primeiro tempo do jogo remarcado

42' Seginho Catarinense faz belo corte de carrinho na bola e impede o primeiro ataque do Cascavel

Quase! Baiano faz tabela com Lisa, mas perde o que seria um belo gol do Fantasma

39' Cascavel se mantém na retranca sem dar espaços para o Operário entrar na área

37' Operário domina no fim do primeiro tempo, mas não consegue criar chance real de gol

34' Gilson se projeta com perigo, mas Baiano não passa a bola para o lateral do Operário

32' Operário começa mais incisivo. Cascavel joga recuada no recomeço dessa partida

Recomeçou! Bola está rolando novamente para Operário e Cascavel. Jogo começa aos 31 minutos e com o placar de um a um

Boletim: O Cascavel não teve problemas com o regulamento e vai a campo com o mesmo time: 1 - Veloso, 2 - Rafael, 3 - Tininho, 4 - Rodrigo, 5 - Sidiclei, 6 - Gilson, 7- Gilberto, 8 - Kin, 9 - Rícon, 10 - Ueverson, 11 - Mineiro

Boletim: Devido ao regulamento, o Operário teve de faze ruma substituição para o restante desse jogo. Ceará, com três cartões, deixa o campo para a entrada de Rafael Leandro. Confira a escalação do Operário: 1 - Filipe, 2 - Lisa, 3- Leonardo, 4 - Dellazari, 6- Gilson, 5 - Dário, 7 - Serginho Paulista, 8 - Serginho Catarinense, 11 - Baiano, 17 - Rafael Leandro e 9 - Clênio

A partir de agora, a equipe Net Esporte Clube traz todas as informações sobre o complemento do jogo entre Operário e Cascavel válido pela primeira rodada do Paranaense. A partida foi suspensa devida a chuva quando placar marcava um a um.


Caçapa arma equipe com três atacantes para complemento da partida. Rafael Leandro substitui Ceará


Vitor Hugo Gonçalves
Image Hosted by ImageShack.us
Com a entrada de Rafael, Baiano (foto) terá de jogar um pouco mais recuado

Vitor Hugo Gonçalves, NET Esporte Clube

O Operário Ferroviário vai ter apenas 60 minutos para conquistar a primeira vitória na fase final do Paranaense 2010. O jogo recomeça aos 30 minutos e 57 segundos da primeira etapa nesta quarta-feira, 31, depois de uma semana da paralisação causada pela chuva que inundou o Germano Kruger.

Sem conseguir as explicações satisfatórias da Federação Paranaense de Futebol, o Fantasma resolveu correr o risco e escalar Leonardo, expulso contra o Iraty no último domingo. Porém, perde Ceará, que tomou o terceiro cartão amarelo contra o Cascavel aos 17 minutos do jogo debaixo de chuva. Por mais uma das aberrações do regulamento mal-feito do estadual, o jogador é obrigado a cumprir a suspensão no complemento da mesma partida em que foi advertido.

Com isso, o Operário entende que tem o direito de substituir o jogador e quem deve ganhar uma chance é o atacante Rafael Leandro, o que deixaria o Operário com três atacantes.

Gilson, que se machucou na última partida, ainda é dúvida. O lateral-esquerdo treinou ontem, mas voltou a sentir e foi poupado. Caso não jogue, Cassiano será improvisado na posição.

Postado por Elisete XNS às 00:38 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us




Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us



Image Hosted by ImageShack.us

Confira a classificação atualizada e os resultados da segunda rodada da segunda fase, clicando na imagem para ser direcionado...

Image Hosted by ImageShack.us

Fantasma diminue com belo gol de Serginho Catarinense de fora da área.

Por Emmanuel Fornazari


Ponta final no Lance a Lance! A equipe Net Esporte Clube agradece a você por acompanhar conosco mais um jogo do Operário no Campeonato Paranaense. O tempo real volta na quarta-feira, às 19h30, para o continuação do jogo Operário e Cascavel, que foi suspenso semana passada devido à chuva da semana passada

Abre aspas: "Temos que começar ligados no jogo. Não dá pra esperar levar o gol para começar a jogar", explica o capitão do Operário, Serginho Catarinense

Abre aspas: "Nós reagimos no final do primeiro tempo, mas levamos o gol logo no começo do segundo tempo, mas ainda estamos dentro do campeonato", analisa o goleiro do Operário, Filipe





Fim de jogo em Iraty!

45' Mais dois minutos de jogo

Amarelou! João Renato recebe cartão após parar contra-ataque

42' Iraty perde duas chances incríveis dentro da pequena área. Operário não esboça mais reação

38' João Renato cobra forte falta do meio do campo. Walter segura firme no meio do gol

Quase! Serginho Catarinense bate no ângulo, mas o goleiro Walter salva o Iraty

34' Mais um falta perigosa para o Operário na quina da grade área

31' Iraty explora os erros do Operário e joga no contra-ataque

29' Arthur faz fila na zaga do Operário e toca para Juninho. Meia bate fraco e Filipe defende fácil

Mudaram os dois! No Operário sai Clênio para a entrada de João Renato. No Iraty, sai Edyson, entra Arthur

Pro chuveiro! Leonardo leva o segundo amarelo e sai do jogo mais cedo



27' Clênio bate mal a falta, Iraty sai no contra-ataque. Leonardo faz a falta para interromper o lance

25' Falta perigosa para o Operário na entrada da área

23' Operário pressiona o Iraty, mas o time da casa se defende bem

20' Baiano recebeu bom cruzamento de Cassiano mas cabeceia fraco para o gol

Boletim: Rafinha abre o placar para o Coritiba. Agora Coxa 1 x 0 Corinthians-Pr

17' Cassiano bate novamente mal a falta. TIro de meta para o Iraty

Amarelou! Amarelou! Por causa de falta em Rafael Leandro, Gilva do Iraty leva o cartão

15' Cassiano bate por cima do gol, sem perigo para o goleiro Walter

13' Falta perigosa para Operário na entrada da área. Serginho Catarinense e Cassiano na bola

12' Jogadores do Operário preferem ficar cavar faltas do que armar as jogadas

10' Baiano recebe na área, demora, cai e pede pênalti. Árbitro manda o jogo seguir

8' Mudou! Parece que a mudança de posicionamento não funcionou. O técnico Caçapa tira Marcelinho e coloca p atacante Rafael Leandro

Amarelou! Lisa leva o cartão após falta na lateral direta



Boletim: Veja que técnico Caçapa sinalizava começar o jogo com três zagueiros, o que não acontece. Clique aqui e confira a matéria

Abre aspas: "Estamos tomando um dois, temos que por a bola no chão e continuar com os volantes chegando de surpresa. Tomamos dois gols que não podíamos, os jogadores deles são muito rápidos", alertou o autor do gol do Operário, Serginho Catarinense

Intervalo na rede! Acompanhe agora o que os jogadores têm a dizer na saída do primeiro tempo

48' Fim de papo no primeiro tempo!




Apita o juiz!





Amarelou! Leonardo é advertido depois de falta na lateral do campo

Mais três! O primeiro tempo vai até os 48 minutos

42' Operário vai pra cima do Operário. Baiano chuta raspando a trave direita do Iraty

GOOOOOOOLLLLLLL DO FANTASMAAAAA! Serginho Catarinense bate forte de fora da área e marca um belo gol. Agora Iraty 2 x 1 Operário

É GOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL !!!!!!!!!!!!!

39' Airton do Iraty domina perto da lateral e ginga pra cima de Cassiano. Torcida do time da casa grita a favor do jogador

38' Operário tem maior posse de bola no momento. Entretanto, meio campo nao consegue armar as jogadas

37' Clênio desvia de cabeça cruzamento da direita. A bola bate na rede pelo lado de fora

34' Mudou! Rogério, 3, sai machucado e entra Diogo, 14, no Iraty

30' Assim não! Cassiano domina na frente da área, tem tempo para preparar o chute, mas jogo longe do gol

Boletim: O Operário está jogando com Filipi, Lisa, Delazzari, Leonardo, Cassiano (entrou no lugar de Gilson), Dário, Serginho Paulista, Serginho Catarinense, Marcelinho, Clênio e Baiano

28' Clênio tenta a jogada mas, outra vez, joga por cima do gol

26' William desvia cruzamento da esquerda e quase aumenta para o Iraty

Quase!!! Leonardo bate do meio da rua e quase empata para o Operário

Mudou! Sai Gilson do Operário e entra Cassiano

20' Falta de Serginho Paulista. Ceará vai cobrar para o Iraty

17' Clênio pega rebote do escanteio, mas mando por cima do gol

Amarelou! Rogério do Iraty leva o primeiro cartão, após falta em Ceará do Operário

Boletim: Operário levou os dois primeiros gols do Iraty em menos de 10 minutos. O primeiro gol foi feito por William Dagol. O segundo veio através de cobrança de pênalti por Ceará.

A partir de agora a equipe Net Esporte clube traz todos os detalhes do jogo entre Iraty e Operário. Após um problema do servidor, o site NEC informa traz as informações da segunda rodada do octagonal final do Paranaense.

Postado por Elisete XNS às 15:29 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us


Mesma vontade de vencer é colocada como prioridade pela comissão técnica e por atletas para o desafio de hoje na cidade de Iraty, a partir das 15 horas

Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

A meta do Operário no jogo de hoje contra o Iraty é repetir o desempenho dos primeiros minutos que apresentou na partida suspensa contra o Cascavel. Para os jogadores, o segredo para ter condições de buscar um bom resultado fora de casa é ter a mesma pegada e a mesma vontade. O jogo acontece no Estádio Emílio Gomes, em Irati, a partir das 15 horas.

Para o atacante Clênio, o time está bem focado e concentrado em seus objetivos. “Nós fizermos uma marcação sob pressão, mas fomos prejudicados pelo tempo contra o Cascavel. Agora é ter a mesma pegada contra o Iraty. Os últimos três jogos nos ajudaram a dar uma cara para o time, que está mais confiante”, diz.

Já o meia Serginho Paulista reforça que o time precisa ter a mesma forma de jogar, mas também ir com mais cautela por atuar na casa do adversário. “Temos de saber a hora certa de jogar, mas é importante que a gente consiga anular o ponto forte deles que é a bola parada. O importante é que estamos em uma fase crescente e que isso nos ajuda bastante agora na reta final”, analisa.

Com relação ao adversário o técnico Caçapa também reforçou a necessidade de atenção com as bolas paradas e de ficar em cima dos atletas de maior qualidade, como o Ceará do Iraty. “O nosso time se encaixou bem e não temos que ter medo. O time vem bem no campeonato e temos condições de garantir um bom resultado”.

Sobre a ausência de Ceará, Clênio destaca que o time sente a ausência do jogador, mas também tem peças para a reposição. “Eu e o Baiano, juntamente com o Catarinense, já temos um bom entrosamento, mas é importante que a bola chegue para que crie as chances de marcar”, finaliza.


TÁTICA

Na parte tática, o técnico Caçapa não deve promover mudanças significativas na equipe. Apesar de ter realizado os treinos com três zagueiros – com João Renato no lugar de Ceará – envolvido na polêmica do terceiro amarelo que recebeu no jogo contra Cascavel – a única mudança na equipe deve ser a entrada de Marcelinho. Dessa forma o time mantém as mesmas características – com o esquema 4-4-2 – que ajudou na garantida das vitórias nos últimos confrontos. “Eu não gostei do treinamento com três zagueiros e acho que não é hora de mudar o que vem dando certo”, disse o treinador Caçapa.

Assim, o time que entra em campo será formado por Filipe; Leonardo e Rodrigo De Lazzari; Lisa e Gilson; Dario, Serginho Paulista, Marcelinho e Serginho Catarinense; Baiano e Clênio. O atacante Rafael Leandro que cumpriu suspensão fica à disposição no banco de reservas.


A diretoria do Operário informou que o Iraty se negou a disponibilizar ingressos para a partida de amanhã para Ponta Grossa. Os bilhetes serão vendidos apenas em Iraty a partir das 10:00 horas de domingo, aos preços de R$ 20,00 e R$ 10,00.

Fonte: Diário dos Campos

Fantasma com mudança

Postado por Elisete XNS às 07:32 0 Comments


Caçapa arma esquema para ter três zagueiros


No coletivo de ontem, treinador montou Fantasma com João Renato no lugar de Ceará; partida contra o Iraty acontece amanhã às 15 horas no Estádio Emílio Gomes

Por Alexandre Costa, JM News

Com a ausência de Ceará por conta do polêmico terceiro amarelo no jogo suspenso contra o Cascavel, o treinador Caçapa terá de mudar o time do Operário para o jogo de amanhã contra o Iraty. No treino coletivo de ontem, ele usou o esquema 3-5-2 - diferente da equipe que venceu as últimas partidas. No entanto, existe a possibilidade também de que apenas faça uma alteração e mantenha a mesma formação tática. A partida está marcada para o Estádio Emílio Gomes, em Irati, a partir das 15 horas.

Como o regulamento é confuso e a lógica não prevalece no caso da suspensão do atleta Ceará, existe a possibilidade de que ele não jogue por até três partidas para evitar qualquer reclamação dos adversários. Assim, ele não atua contra o Iraty neste domingo, fica fora do restante do confronto com o Cascavel e ainda por precaução do grupo gestor seja desfalque também no duelo com o Corinthians Paranaense no dia 4 de abril. Sem um posicionamento oficial da Federação Paranaense de Futebol sobre o caso, a conduta foi orientada pelo departamento jurídico do clube para evitar uma escalação irregular que causaria a perda de seis pontos.

Em campo, Caçapa diz esquecer dos problemas e se concentrar apenas no jogo. E para encarar o Iraty ontem ele fez todo o treino no esquema de três zagueiros, com João Renato entrando no lugar de Ceará. Assim o time ficou a maior parte do trabalho realizado no campo da Kurashiki com Filipe, Lisa, Leonardo, João Renato, Rodrigo De Lazzari e Gilson; Dario, Serginho Paulista, Serginho Catarinense; Clênio e Baiano. Já no final do treinamento o volante Dário deu lugar para o atacante Rafael Leandro. Assim, Baiano ficou mais recuado com a armação de jogadas como um meia atacante. "O time vinha bem no 4-4-2, mas temos esse problema do Ceará. Vamos ainda fazer mais um trabalho neste sábado pela manhã para definir como o time vai para a decisão em Irati", diz o treinador.

Postado por Elisete XNS às 07:19 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us




Image Hosted by ImageShack.us



Image Hosted by ImageShack.us

Só entrará no Estádio Germano Krüger quem tiver comprovante de quarta ou comprar ingresso para ver Operário e Cascavel.



Image Hosted by ImageShack.us

Os 60 minutos restantes do jogo entre Operário e Cascavel ficaram para a próxima semana


Por Alexandre Costa, NET Esporte Clube e Jornal da Manhã

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) confirmou na tarde de ontem a realização do restante da partida entre Operário e Cascavel para a próxima quarta-feira. A partida que foi suspensa aos 30 minutos e 56 segundos do primeiro tempo com o placar de 1 a 1 por conta da chuva acontecerá a partir das 19h30 novamente no Estádio Germano Krüger.

"Tenho de ressaltar que o volume de chuva das 18 às 21 horas foi de 77 mm contra 233 mm registrados durante todo o mês de fevereiro. Mas, também já marquei uma reunião com a empresa que fez a troca do gramado para esta sexta-feira e eles terão que explicar porque não fizeram o caimento de 30 centímetros no centro para as laterais do gramado. Até por isso já mandei suspender o pagamento que estava programado para hoje [ontem]".

A orientação do grupo gestor de futebol do Operário é para que os torcedores que pagaram entrada guardem os canhotos e os apresentem na bilheteria, no dia da nova partida - o público pagante foi de 4.127 pessoas. "Nós consultamos a Federação Paranaense de Futebol e a informação que nos foi repassada é que não podemos fazer o jogo com os portões abertos. Por isso fazemos esse pedido, para que as pessoas tenham em mãos os comprovantes", diz Franco Menezes, ao confirmar também que a venda dos ingressos acontecerá normalmente para a parte final do jogo contra o Cascavel.

Já com relação ao cartão amarelo levado por Ceará e que gerou polêmica sobre sua possível suspensão, o departamento jurídico do clube está analisando o caso. Ainda que a lógica seja do atleta seguir na partida e cumprir a suspensão na partida seguinte, há uma possibilidade de novo entendimento ao verificar o parágrafo primeiro do artigo 15 do regulamento geral de competições da FPF: "Se a partida já havia iniciado, só podem participar da nova partida, os atletas que, no momento da suspensão estavam participando efetivamente da partida, exceto aqueles punidos pelo árbitro com cartão vermelho e ou amarelo desde que este tenha sido o terceiro do atleta na competição", diz o texto. "Sobre essa situação, o Domingos Moro deve se manifestar ainda hoje [ontem]", finalizou Menezes.


Exemplificando:

Comprei o carrão dos meus sonhos e só me mandaram os pneus, se eu quiser o restante do carro, tenho de pagar novamente. Acho que isso vai servir para nós torcedores describrirmos que para certas pessoas, nós não passamos de otários. Nos dedicamos ao time, o financiamos, e não nos reconhecem. Suportamos arquibancadas de última categoria, horríveis, sequer uma pintura merecemos, falta de estrutura, falta de banheiros, e é esta a resposta que nos dão ? Em anos anteriores, este time não tinha sequer dinheiro para comprar comida para os jogadores e estes mesmos torcedores bancaram tudo isto, e onde está o reconhecimento ? Nas cobertas superiores tem pessoas que são recolhidas gratuitamente e não se sabe porque e muito menos com que propósitos, mas nós torcedores sempre temos que pagar, pagar e pagar e não temos qualquer retorno. Eu não coloco meus pés nos Germano Krüger até que tudo isso esteja esclarecido. Se querem fazer outros de otário que façam, mas a mim não vão fazer mais !!! Quem vai explicar do porque para alguns os canhotos não são entregues ? Para onde está indo esta grana ?

Convocação aos "verdadeiros torcedores"

Desde já faça um convite aos seus amigos que não compareçam ao jogo para que alguns não consigam colocar o chapéu de otário na cabeça dos torcedores do Fantasma.
Devem achar que o torcedor de Ponta Grossa é burro !!!
Cabe a você demonstrar a eles que é justamente o contrário !!!


Por Marcos Borkowski

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Adiamento do jogo

Postado por Elisete XNS às 01:49 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us


Tudo perfeito no Operário Ferroviário

Que bom se pudéssemos desassociar o time de futebol do Clube Operário Ferroviário, colocando o time como um símbolo maior, intocável. Mas por detrás da imagem do nosso símbolo alvinegro, o Fantasma, em toda a sua história, os operarianos tiveram de verificar pequenos grupos o administrando e que infelizmente, nunca levaram o time da nossa cidade a ser tão grandioso quanto o amor que todos os seus torcedores lhe dedicaram, geração após geração. Quando algum torcedor faz críticas ao clube, podem ter certeza que esta pessoa está vendo o que outros não estão, e se estes outros também veem, não estão dispostos a levantar a questão. Ao contrário disto, sempre aparece alguém para rebater as críticas feitas e tentar colocar panos quentes na situação. Qualquer torcedor que tenha acompanhado as notícias do ano de 2009, lembra que esta diretoria que aí está, juntamente com o grupo gestor, prometeram uma reforma completa no Germano Krüger, falando de aumento nas arquibancadas, troca de gramado, banheiros, enfim, “pintaram o pavão”, e o torcedor viu a possibilidade de ver o amor que dedica ao time ser honrado. Mas o que foi obrigado a presenciar foi que não foram capazes de sequer dar uma d’mão de tinta nos lugares onde a grande maioria senta. Nem banheiros em número satisfatório fizeram, são dois bem simplórios para uma média de 4 ou 5 mil torcedores, considerando aqui o único banheiro feminino das gerais. Então o que se é obrigado a presenciar é lastimável.

De uma cidade de 400 mil habitantes, apenas 8 mil vão ao estádio, e é bastante óbvio o motivo, mesmo pagando, financiando o time, não se recebe em troca um mínimo de conforto. Esta chuva de quarta-feira comprovou o que todos já previam, que o gramado e a drenagem do estádio são deficitários. Simplesmente se pegou uma empresa de jardinagem para colocar o gramado de um time de futebol profissional e todos puderam verificar que a drenagem é de péssima qualidade e não suportou a chuva, causando a interrupção e adiamento da partida. Porém, o mais estranho ainda estou por dizer. No jogo contra o Serrano, quando passei pela catraca, o funcionário que alí estava não me forneceu o canhoto do ingresso. Perguntei como ficaria se ocorresse algum problema, e ele me disse apenas que hoje eles não forneciam mais o canhoto. E neste último fiquei pasmo quando ouvi nas rádios, alguns torcedores dizendo possuí-lo. Então como pode ser isso ? Alguns torcedores recebem o canhoto e outros não ? Será que alguém vai nos responder do porque isto está acontecendo nas bilheterias do Germano Krüger ? Ou será que mais uma vez “o torcedor do time” vai ser o palhaço, o otário, e ter de pagar novamente para assistir ao jogo na nova data ? E os torcedores que receberam o canhoto, mas que o perderam, ou que o molharam na chuva, também vão ter de pagar novamente ? Talvez aqueles que se dizem “verdadeiros torcedores” do “clube”, fechem mais uma vez os olhos para estas questões, pois lhes convém, e os “verdadeiros torcedores que torcem pelo “time” sejam obrigados a assistir a mais esta situação estranha por temerem o fim deste grande amor que é o “time” Operário Ferroviário, mas nem todos.

Podem vir me criticando, dizendo que eu não sou um torcedor de verdade, não estou nem aí, a democracia permite expressar livremente a minha opinião, mas uma única vez que seja, enquanto torcedor, eu gostaria de ter satisfações reais que me façam ter certeza de que não estão ocorrendo coisas estranhas com o Operário Ferroviário novamente, a exemplo de décadas passadas, onde acabaram por prejudicar a cidade, aos “verdadeiros torcedores” e ao “time” de futebol Operário Ferroviário.

Image Hosted by ImageShack.us


Mais um caso...
...então obviamente devem ter mais. Isso é um caso de polícia e tem de ser investigado. Os torcedores que pagam para assistir o seu time do coração, estão sendo lesados e só podemos contar com a imprensa séria de nossa cidade e esperar que ela divulgue esta situação dos canhotos não entregues pelos porteiros do Germano Krüger. O outro torcedor respondeu no JM News e citou que não quis criar caso e foi o mesmo que aconteceu comigo, mesmo porque nos portões sempre ficam vários seguranças e a intimidação acaba acontecendo e os torcedores ficam sem ter como reagir. O cidadão precisa ser informado sobre isso e pedimos que a imprensa que ajude a esclarecer esta situação.

Por Marcos Borkowski



Image Hosted by ImageShack.us



Árbitro suspende jogo devido à chuva


Drenagem no Germano Kruger não existe e gramado não deu conta do volume de chuva que caia na hora do jogo


Por Emmanuel Fornazari, NET Esporte Clube

Após jogados 31 minutos do primeiro tempo, o árbitro Antônio Denival de Morais teve de interromper a partida entre Operário e Cascavel. O placar marcava um a um, mas o gramado do Germano Kruger não deu conta do volume de água que caía.

Em menos de 20 minutos, o campo já possuía inúmeras poças d'água. Os jogadores se desdobravam para tocar a bola e armar as jogadas. Assim, o árbitro se viu obrigado a paralisar a partida.

Após 30 minutos de interrupção, o juiz voltou para analisar o gramado. Ele poderia esperar mais 30 minutos para dar uma decisão final. Mas isso, se fosse entendido que a água baixaria e o campo tivesse condições de jogo.

"Não posso dar prosseguimento desse jogo. Se existisse a possibilidade de o gramado secar, eu poderia esperar mais 30 minutos. Porém, não vejo condições de continuar o jogo", confirmou o árbitro, Antônio Denival de Morais.

Agora cabe a Federação Paranaense de Futebol escolher a nova data para realização do jogo. O mais provável é que a partida aconteça na quarta-feira da semana que vem. Um dos motivos é o Cascavel não aceitar jogar nesta quinta-feira, porque teria pouco tempo para se recuperar fisicamente para o seu segundo jogo do octagonal neste sábado.

Entretanto, a equipe também tem ressalvas para jogar no meio da semana que vem. isso porque teria não teria tempo hábil para voltar para Cascavel e preparar a equipe.

Na partida remarcada, o jogo vai recomeçar de onde foi paralisado, ou seja, aos 31 minutos do primeiro tempo. Manteria-se também o mesmo placar e as advertências aplicadas aos jogadores. Com isso, Ceára e Baiano do Operário e Tininho do Cascavel continuariam com os cartões amarelos para o resto da partida.

Vale avisar que os torcedores que compraram ingresso para esse jogo poderão entrar na partida remarcarda sem precisar comprar outro bilhete. Para isso, devem guardar os canhotos e apresentar na bilheteria no dia em que a partida for agendada.


Pois é bom que comecemos a torcer no sentido de que tudo corra bem para o nosso Fantasma e principalmente para que jogadores titulares fundamentais para o time não recebam cartões e ainda pior, que acabem por se contundir, pois fica a impressão de que ninguém se preocupou muito em buscar valores para a segunda fase. Poderiam ao menos ter buscado bons valores das equipes que não se classificaram para a segunda fase como o Kim do Nacional, jogadores do Prudentópolis ou do Rio Branco, que aliás deram um show de bola na vitória por 3 X 2 aqui dentro do Germano Krüger. Uma pena, pois conforme pudemos verificar que o banco é fraco. É possível acreditar em uma boa vitória hoje, afinal o Cascavel sofreu para empatar em 0x0 com os reservas do Coritiba na última rodade da primeira fase. Também é bom torcermos para que o Coxa e o Atlético tropecem para perderem as suas vantagens de 2 e 1 pontos, respectivamente, que conquistaram pelas melhores campanhas na primeira fase. Se isto acontecer e o Operário vencer o Cascavel, já larga como líder do campeonato.

Por Marcos Borkowski

Meta é mais uma vez vencer o rival, como aconteceu na estreia do Campeonato; contra os times classificados, Fantasma tem três vitórias, três derrotas e um empate


Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

Hoje, quando o time do Operário entrar em campo contra o Cascavel, a partir das 19h30 no Estádio Germano Krüger, a meta será já começar a segunda fase do Campeonato Paranaense com o mesmo resultado da estreia - quando o Fantasma venceu o rival por 1 a 0. No entanto, para atingir a meta que é de ficar entre os primeiros colocados e estar entre os dois melhores do interior para ficar com uma das duas vagas na Série D do Campeonato Brasileiro, o alvinegro precisa também manter a reputação de ser o segundo melhor visitante da competição. Nesse quesito perde apenas para o Coritiba (só nos últimos três desafios o time venceu duas fora de casa e conseguiu a recuperação na reta final do campeonato).

No time escalado pelo técnico Caçapa não haverá grandes mudanças. O atacante Clênio, que não treinou, deve seguir entre os titulares. Já o lateral Gilson, que cumpriu suspensão, volta no lugar de Digão na esquerda. Rafael Leandro deve aparecer como opção no banco de reservas.

Pela sequência dos adversários, o Fantasma já precisa repetir o resultado da estreia do campeonato na abertura da segunda fase. Hoje o jogo é contra o Cascavel e ainda lá na primeira rodada do Estadual, com o jogo realizado no Eco Estádio, em Curitiba - por conta das obras no gramado do Estádio Germano Krüger -, o alvinegro levou a melhor e venceu no finalzinho por 1 a 0 com o gol de pênalti convertido por Serginho Catarinense.

Na segunda rodada, contra o Iraty, a partida contra o Operário acontece novamente no Emílio Gomes, quando o time da casa levou a melhor e bateu o então desfalcado Fantasma por 3 a 1.

No terceiro jogo vem novamente a obrigação de manter o resultado. Se na primeira fase o time de Caçapa venceu o Corinthians Paranaense no Eco Estádio agora a missão será garantir os três pontos jogando em Ponta Grossa.

Depois vem a dupla 'Atle-Tiba'. Na quarta rodada vem um dos desafios mais difíceis. Além de encarar mais uma vez o Atlético Paranaense na Arena, na capital, o Fantasma vem com o histórico favorável ao bater o rival de virada por 2 a 1.

Com os pontos extras garantidos, o Coritiba não vai querer dar chance aos adversários. E o time que venceu os ponta-grossenses no Germano Krüger por 1 a 0 agora vai jogar no Couto Pereira com a missão de seguir com a vantagem de só depender de seus resultados para garantir o título.

Depois dos jogos da capital, o Operário volta para Ponta Grossa com a missão de devolver a derrota sofrida para o Paranavaí pelo placar de 1 a 0 na região noroeste do Estado. Na última rodada contra o Paraná, o empate contra o tricolor obtido na Vila Capanema se repetido será visto com bons olhos pela equipe do interior, já que dependendo da situação da tabela e do andamento do campeonato, o resultado poderá garantir o Fantasma na Série D do Campeonato Brasileiro.


Postado por Elisete XNS às 14:54 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us


Postado por Elisete XNS às 14:39 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us


Na previsão do grupo gestor, vitória nos jogos em Ponta Grossa deixam Fantasma muito perto da Série D do Campeonato Brasileiro

Image Hosted by ImageShack.us

Operário volta a jogar nesta quarta contra o Cascavel; na primeira fase placar foi de 1 a 0 para o Fantasma

Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

Classificado na 5ª colocação e com a vantagem de realizar três jogos em casa na fase final do Campeonato Paranaense, o Operário Ferroviário aposta na força da torcida e no objetivo de fazer a lição de casa para dar saltos maiores. Se mantida a posição na tabela - aparecendo entre os dois melhores do interior -, o time pode assegurar uma das duas vagas na Série D do Campeonato Brasileiro de 2010 e também brigar por um lugar na Copa do Brasil no próximo ano.

Com a série de três vitórias na reta final - no último domingo passou pelo Nacional em Rolândia com o placar de 1 a 0 (com um gol do atacante Clênio) - o Fantasma quer manter o embalo já amanhã quando inicia a rotina de decisões. A primeira delas na segunda fase será contra o Cascavel no Estádio Germano Krüger - com previsão de casa cheia e apoio maciço da torcida. "Os resultados ajudaram e o time se levantou na hora certa. E se queremos a Série D, que é o nosso objetivo, nós temos de fazer a lição de casa e vencer os jogos em casa", diz o gestor Franco Menezes, que completa: "Hoje dos quatro que estão na nossa frente, três já tem vaga e uma dessas duas vagas poderia ficar com o Iraty sem qualquer problema", comenta ao considerar a sequência de jogos bastante favorável para o time ponta-grossense.

Sobre as novas contratações, a não liberação do volante Doriva junto ao UIbra do Rio Grande do Sul encerrou o ciclo de reforços para a competição. Assim, de cara nova no time vai aparecer apenas o jovem goleiro Luciano, que foi campeão da Copa Tribuna de Juniores pelo Atlético Paranaense.

HORÁRIOS

A Federação Paranaense de Futebol já confirmou os horários das primeiras rodadas da segunda fase. A partida de estreia do Fantasma na reta final do Campeonato será já amanhã contra o Cascavel em partida confirmada para às 19h30 no Estádio Germano Krüger devido à transmissão por pay per view. Já no domingo o Operário vai encarar o Iraty no Emílio Gomes, em Irati, às 15 horas.

Fase final

1ª Rodada - 24 e 25 de março

Coritiba x Paraná Clube

Atlético x Corinthians PR

Iraty x Paranavaí

Operário x Cascavel



2ª Rodada - 27 e 28 de março

Coritiba x Corinthians PR

Atlético x Cascavel

Iraty x Operário

Paraná Clube x Paranavaí



3ª Rodada - 3 e 4 de abril

Coritiba x Paranavaí

Atlético x Paraná Clube

Iraty x Cascavel

Operário x Corinthians PR



4ª Rodada - 7 e 8 de abril

Coritiba x Iraty

Atlético x Operário

Paraná Clube x Corinthians PR

Paranavaí x Cascavel 13:11 (0 minutos atrás) excluir εζΐşεtз˙·٠•●●



5ª Rodada - 10 e 11 de abril

Coritiba x Operário

Atlético x Paranavaí

Iraty x Corinthians PR

Paraná Clube x Cascavel



6ª Rodada - 17 e 18 de abril

Coritiba x Atlético

Iraty x Paraná Clube

Operário x Paranavaí

Cascavel x Corinthians PR



7ª Rodada - 25 de abril

Coritiba x Cascavel

Atlético x Iraty

Paraná Clube x Operário

Paranavaí x Corinthians PR

Postado por Elisete XNS às 10:36 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us


Federação homologou as 2 primeiras rodadas do octogonal final

Por Vitor Hugo Gonçalves, NET Esporte Clube

A Federação Paranaense de Futebol confirmou na tarde desta segunda-feira os horários dos jogos das duas primeiras rodadas da fase final do Paranaense 2010. O Operário inicia a briga por uma vaga na Série D na quarta-feira, 24, contra o Cascavel, às 19h30, no estádio Germano Kruger.

O jogo marca o início da segunda fase, já que Atlético-PR e Corinthians jogam às 21h45 de quarta-feira. Os outros dois jogos acontecem na quinta, 25. Iraty e Paranavaí às 15h e Coritiba e Paraná às 19h30.

A Federação também confirmou a rodada do fim de semana. O Operário viaja até Irati, onde enfrenta o Iraty às 15h no estádio Emilio Gomes.

A quarta e a quinta rodadas, contra o Coritiba e o Atlético, parecem ser as mais difíceis do turno final. Já quanto as demais, o Operário deve levar normalmente se continuar com o bom desempenho das três últimas rodadas da 1ª Fase. Um boa vantagem é jogar a primeira partida em casa contra o Cascavel que vem mal das pernas, sofreu para empatar por 0 X 0 contra os reservas do Coritiba na última rodada. Também é bom todos irem torcendo pelos tropeços de Coritiba e Atlético para perderem a vantagem de 2 e 1 pontos conquistados pelas melhores campanhas. Se é que serve de parâmetro, o Coritiba perdeu para o Paraná de 1 X 0, e o Atlético ganhou do Corinthians por 2 X 0.

Contra o Iraty, o Operário perdeu fora por 3 X 1, mas em fase ruim, e esperamos que agora as coisas sejam bem diferentes. Contra o Corinthians, o Operário fez a sua melhor partida e venceu o adversário na sua casa por 2 X 0, e agora leva a vantagem de jogar em casa com o apoio da galéra alvinegra que não costuma falhar.

Também esperamos que o Atlético continue sendo aquele velho freguês quando o assunto é sério e que isto esteja mais para trauma já. Contra o Coritiba, o Operário perdeu em casa, mas poderia ter ganho e bem, se não fosse a falta de aproveitamento do ataque que desperdiçou vários gols. É bom lembrar aqui de velhas histórias de times que vão muito bem na primeira fase e que decaem vertiginosamente na segunda. Estamos nesta torcida coxinhas !!!

O Fantasma perdeu para o Paranavaí na casa deles, mas pode perfeitamente devolver o resultado, pois joga no Germanão e alí as coisas costumam virar para o nosso lado quando o momento é bom. E finalmente a última rodada, onde já podemos estar levantando o caneco 2010. No primeiro turno foi 1 X 1, num jogo ruim e dois pênaltis perdidos, um para cada lado. E mais uma vez os atacantes da época perderam a já tradicional "chuva de gols". Então, tudo dependerá disto, ou seja, de como estarão os dois times nesta última rodada, que eu particularmente, espero que o Paraná esteja caindo pela tabelas.

Fantasma só sai de casa para viagens curtas a Curitiba e Irati. Segunda fase começa já no meio dessa semana


Por Emmanuel Fornazari, NET Esporte Clube

Dos três resultados desejados pelos torcedores do Operário, apenas um não se confirmou nessa rodada. O Toledo não conseguiu seguiu segurar em casa o Paraná Clube. Acabou perdendo a partida e de quebra foi também rebaixado.

Porém, o Coritiba roubou um ponto do Cascavel e o Atlético venceu o Paranavaí. Assim, mesmo com a vitória magra por um a zero sobre o Nacional, em Rolândia, o Operário assegurou a vantagem de jogar três jogos em casa na segunda fase.

O Fantasma só vai precisar se descolar três vezes a capital para enfrentar os grandes e uma vez a Irati para disputar contra o time da casa. Viagens bem curtas de, no máximo, uma hora e meia. Bem menos desgastantes do que viajar, em média, 4 horas para Paranavaí e Cascavel.

Além de jogar no Germano Kruger contra essas duas equipes, o Operário confronta-se com o Corinthians-Pr para fechar os três jogos em casa.

O Fantasma estreia na segunda fase na próxima quarta-feira. O jogo é contra o Cascave,l em Ponta Grossa. No primeiro turno, a equipe de Ponta Grossa venceu por 1x0. O jogo também era em casa, mas como o Germano Kruger não estava pronto foi disputado em Curitiba.

Postado por Elisete XNS às 21:04 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us



Postado por Elisete XNS às 17:28 0 Comments

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Confira a classificação atualizada e os resultados da décima terceira rodada, clicando na imagem para ser direcionado...

Image Hosted by ImageShack.us


Técnico do Operário não fez muitas alterações para o jogo que pode colocar o alvinegro na próxima fase do Paranaense; Gilson e Rafael Leandro, suspensos, dão lugar Digão e Clênio

Image Hosted by ImageShack.us


Por Jeferson Augusto, Diário dos Campos

O Operário encara o Nacional de Rolândia amanhã, às 15h50, fora de casa, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense. Para a partida considerada decisiva, já que pode garantir a equipe na fase final do campeonato, o time ponta-grossense deverá ter apenas duas alterações.

Sem poder contar o Rafael Leandro e Gilson, suspensos, o técnico Pedro Caçapa teve de mudar a escalação que mantinha desde que assumiu o comando do Operário. Em seus lugares entram Clênio e Digão, que já atuaram em algumas partidas como titulares. No restante da escalação, permanecem os mesmos que começaram jogando diante o Serrano no último domingo.
“Não tem porque mudar, é repetir a atuação que teve nos dois últimos jogos, e claro, sempre melhorando um pouco mais. O time está se movimentando bem, e agora é ter tranqüilidade para jogar no domingo, que sabemos, não será um jogo fácil”, analisou o técnico.

Com isso, a equipe que encara o Nacional deve ter Filipe no gol, Lisa, Leonardo, Delazzari e Digão na defesa; Dario, Serginho Paulista, Serginho Catarinense e Ceará no meio; e Baiano e Clênio formando a dupla de ataque.

Apesar de ter pela frente um adversário já rebaixado, e com boa parte do elenco dispensado, Caçapa prefere não desprezar o Nacional, e alerta para eventuais dificuldades. “Vamos jogar contra um time que não tem responsabilidade, e não podemos deixar isso influir. Temos que fazer o nosso papel, ter cuidado na marcação, agredir o adversário e ir para cima”, prega.

A partida de amanhã pode colocar o Operário em posição privilegiada na segunda fase do Estadual. Caso vença o Nacional e conte com uma combinação de resultados, o time alvinegro pode terminar na quarta colocação, e com isso, jogar quatro jogos diante de sua torcida, e quando fosse atuar como visitante seria em regiões próximas, como Curitiba e Irati.

Apesar da sétima colocação e dos 17 pontos somados até agora, o Operário ainda corre risco matemático de ser rebaixado. Para que isso ocorra, a equipe ponta-grossense teria de ser derrotada e o Rio Branco golear o Serrano por uma diferença superior de mais de doze gols.

O árbitro do confronto será Antônio Valdir dos Santos, tendo como assistentes Diogo Morais e Guilherme Roggenbaum.


Treinador quer mesma pegada do time contra o rebaixado Nacional; meta é vencer e garantir a classificação para a segunda fase do Paranaense


Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

Com a vitória nos últimos dois jogos, o técnico Caçapa quer a mesma pegada dos jogadores para o jogo contra o Nacional em Rolândia e assim o time mantenha o embalo no campeonato. Mais um resultado positivo deixa o Fantasma classificado para a segunda fase e ainda com a possibilidade de ter vantagem de jogar algumas partidas em Ponta Grossa.

No treinamento de ontem, no Estádio Germano Krüger, o time em campo não veio com grandes novidades. Com as ausências já confirmadas de Gilson e Rafael Leandro, o lateral esquerdo Digão e o atacante Clênio reaparecem entre os titulares. O goleiro titular segue sendo Felipe. Lisa, na direita, é o dono da camisa dois tendo agora como companheiro Digão. Leonardo e Rodrigo De Lazzari fecham a zaga. No meio, Caçapa mantém Dario, Serginho Paulista, Serginho Catarinense e Ceará. O ataque terá Baiano e o experiente Clênio. “No coletivo, o time se movimentou bem. O Serginho Catarinense e o Ceará se acertaram bem e o time está mantendo um bom ritmo. É seguir assim para embalar. Quero que eles repitam a atuação que tivemos nos últimos dois jogos, mas sempre com uma pegada a mais”, analisa o treinador.

No banco de reservas, Caçapa vai levar para Rolândia Osmar, Cassiano, João Renato, Lucas, Marcelinho, Dyego Souza e Daniel Lemos, que teve sua situação regularizada.

Com relação ao adversário que está rebaixado, técnico e jogadores dizem que a situação na tabela não pode servir de justificativa para um relaxamento. “Temos só de pensar em jogar futebol e ter tranquilidade. Entrar com vontade que a gente sai com a vitória”, diz Caçapa. Já o lateral Lisa enfatizou que o grupo está confiante e motivado. “Esses resultados positivos nos devolveram a autoestima e por isso vamos em busca da vitória”, finaliza o jogador.


CONTRATAÇÃO

Com relação às contratações, o grupo gestor confirmou as negociações serão oficializadas apenas depois da vaga na segunda fase estar garantida oficialmente. Virão um goleiro e ainda um segundo volante, que provavelmente será Doriva. O jogador que se destacou no Roma de Apucarana já tinha acertado com o Operário no começo do campeonato, mas recebeu uma proposta melhor do futebol gaúcho. O prazo para a inscrição de atletas termina na terça-feira, um dia antes do começo das finais do Estadual.

Postado por Elisete XNS às 18:04 0 Comments


Image Hosted by ImageShack.us



Image Hosted by ImageShack.us


A Federação Paranaense de Futebol (FPF) divulgou na quinta-feira (18) a escala de arbitragem para a 13ª rodada do Campeonato Paranaense, a última da primeira fase do torneio. Todos os jogos acontecerão, amanhã, domingo (21)...

Nacional x Operário

Árbitro: Antônio Valdir dos Santos
Auxiliares: Diogo Morais e Guilherme Roggenbaum
4º Árbitro: Emerson Guilherme de Souza

Delegado: Jair Rodrigues Pereira
Observador: ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­Sérgio Amilcar Pereira

Qualquer um já sabe que o Coritiba não está nem aí mais para esta primeira fase, pois já conquistou os dois pontos pelo primeiro lugar. Até está colocando os reservas para jogar. Então acredito na vitória do Cascavel que ficaria com 22 pontos e com o 3º ou 4º lugar, empatando em vitórias com o Iraty, mas dependendo do placar, pois tem 5 gols contra 8 do Iraty.

O Atlético sim, este tem o Iraty no seu encalço e tem de ganhar. Jogando em casa, deve vencer, somando 25 pontos, em 2º lugar, e deixando o Paranavaí com 20 na 5ª colocação.

Iraty e Cianorte: ambos tem de vencer, e deve ser um jogo duro onde o empate é o mais provável, porém o Iraty embalou e quer o ponto conquistado pelo Atlético. Caso ocorra este empate, o Iraty fica em 3º ou 4º lugar, e o Cianorte está fora da fase final, mas livre do rebaixamento, pois o empate o garante 1ª Divisão, pois mesmo que o Toledo vença, ficaria com 4 vitórias contra 5 do Cianorte.

O Toledo tem jogo díficil contra o Paraná, mas joga em casa e precisa da vitória para escapar do rebaixamento. Deve vencer. O Paraná já está garantido e também com a cabeça na Copa do Brasil, isso sem considerar que não está em uma boa fase. Com a vitória, o Toledo escapa do rebaixamento e deixa o Paraná na 7ª colocação.

quanto ao nosso Operário, sonhamos todos que vença e some 20 pontos, ficando assim na 6ª colocação. E como torcedor e sonhador por dias melhores, a exemplo de muitos outros, também espero estar totalmente enganado e que tudo acabe por favorecer ao nosso Fantasma da Vila.

Foi de rolar de rir quando vi que fui criticado no JM News por falar da derrota vergonhosa dos reservas do Operário para os reservas dos reservas do Coritiba. Também a pessoa diz que tudo vai bem com o time e fala a respeito dos "verdadeiros operarianos"...rsss. O que será para este um "verdadeiro operariano"?

Talvez seja uma espécie de torcedor que fecha os olhos, não vê nada e não sabe de nada, ou daqueles que já citei anteriormente, que tentam fazer o seu nome em cima do clube. Esta pessoa com certeza tem um conhecimento mínimo do que é ser torcedor, pois no futebol do mundo todo os torcedores criticam quando tem coisas erradas.

Também não precisa ser tão "operariano de verdade" para saber que a segunda fase do campeonato será ainda mais difícil, com as outras equipes se reforçando e buscando a vitória a qualquer preço. Daí, é de nos perguntarmos: o que fazer se um jogador importante se machucar ? O Operário tem um banco fraquíssimo, e isto ficou bastante claro neste jogo treino, só não viu isto quem tem compromissos estranhos aos interesses do "verdadeiro torcedor".

Enfim, fazem 36 anos que vou no Germano Krüger não sou daqueles torcedores que fica lá pulando feito mico. Minha posição é que torcedor tem de ir para empurrar o time, tem de agarrar o alambrando motivando aos jogadores e desconcentrando aos adversários, este tipo de torcida sim é válida, o resto é apenas bonito para outros verem, não altera o resultado e isto já está mais do que comprovado. Se ficar lá cantando e pulando tivesse algum efeito nos resultados o Operário não teria perdido dentro de casa em algumas ocasiões. Como eu disse, é uma festa bonita de se ver e nada além disto. Serve para promover alguns que talvez lucrem com o Fantasma ou que tenham pretensões políticas, mas para o Clube mesmo, contribui muito pouco.

Por Marcos Borkowski


Image Hosted by ImageShack.us



Se as combinações acontecerem, Fantasma teria apenas que viajar duas vezes para Curitiba e uma a Iraty


Por Emmanuel Fornazari, NET Esporte Clube

A regra do campeonato paranaense dá o direito do primeiro colocado jogar todos os jogos em casa na próxima fase. Já o segundo disputa seis partidas em casa, menos contra o melhor time da fase de classificação, e assim, sucessivamente com os times classificados abaixo. Ou seja, o último colocado não recebe nenhuma equipe em seu estádio.

Duas rodadas atrás, o Operário vivia a possibilidade real de ser rebaixado. Agora, além de se classificar, pode levar a vantagem de jogar quatro jogos em casa. Mas isso, só se uma combinação possível de resultados realmente se confirmar.

O Fantasma, sétimo colocado, enfrenta o penúltimo e já rebaixado Nacional. Mesmo com o time de Rolândia jogando em casa, o Operário tem uma grande possibilidade de vencer o confronto. Já as equipes que estão acima do Operário na tabela, jogam entre si, o que pode favorecer o time de Ponta Grossa.

O time de Vila Oficinas não pode alcançar mais Coritiba, Atlético-Pr e Iraty, porém pode pular para o quatro lugar com uma ajuda de dois desses times.
O Coritiba desafia o Cascavel fora de casa. A Serpente está um degrau acima do Fantasma na classificação. Assim, se o Coritiba vencer e o Operário fizer sua parte ultrapassa o adversário direto.

A vitória em casa do Atlético sobre o Paranavaí também faria o Fantasma superar o visitante rubro-negro na classificação. O terceiro e último resultado providencial para o Operário alcançar o direito dos quatro jogos na próxima fase é a não vitória do Paraná sobre um ameaçado ao rebaixamento.

Se o Toledo perder o jogo para o time da capital, possivelmente jogará a segunda divisão no ano que vem. Por isso, tem todo o interesse em somar pontos no jogo contra equipe de Curitiba.

Com essas três combinações, o Operário chegaria aos 20 pontos, e jogaria em casa, na segunda fase, contra os já classificados Paranavaí e Paraná, e também com dois desses outros cinco times: Cascavel, Cianorte, Corinthians-Pr, Toledo e o menos cotado Rio Branco, com chances remotas de classificação.

Portanto, o Fantasma teria apenas que sair para enfrentar Coritiba e Atlético, na capital, e o Iraty, a cerca de uma hora de carro de Ponta Grossa.

Jogadores reservas fizeram ontem um jogo treino contra o Coritiba e perderam por 4 a 2; reforços serão um goleiro e mais um volante

Agência Estadual, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

O grupo gestor e a direção do Operário ainda vão buscar mais dois jogadores para completar o elenco que deve estar entre os oito melhores do Campeonato Paranaense. O time encara o Nacional de Rolândia no domingo e tem a possibilidade de terminar a fase de classificação até na quarta colocação dependendo da combinação de resultados. Enquanto as negociações avançam, o treinador Caçapa segue com os treinamentos. Ontem, ele trabalhou com os jogadores reservas em um jogo treino contra o Coritiba, que terminou 4 a 2 para o time da capital.

De acordo com o gestor Dorli Michels, que ainda ontem se reuniria com o supervisor Tico, o presidente Carlos Roberto Iurk e o técnico Caçapa, devem ser contratados ainda mais dois atletas. Um deles é goleiro e estaria atuando em um time da capital. "É um jogador jovem, na faixa dos 20 anos, mas vem com condições de chegar e já jogar", diz Dorli. O outro reforço seria um segundo volante e que estaria na disputa do Campeonato Gaúcho. "Nós já vamos conversando e deixar tudo certo. No entanto, só vamos contratar mesmo com a vaga confirmada", explica o gestor.

Já o treinamento especial foi realizado no Estádio Germano Krüger e contou com um bom público – de aproximadamente 200 pessoas. O Fantasma contou com os seguintes jogadores no trabalho: Osmar, Cassiano, João Renato, Marquinhos, Lucas (Leozinho), Digão, Vinícius, Lucas, Bruninho, Dyego Sousa e Rafael, Douglas, França, Daniel Lemos e Symon (Junior).

O Coritiba saiu na frente e fechou a etapa inicial com 1 a 0. Depois ampliou e fez 3 a 0 – com destaque para os dois gols de Rafael Lucas. O Operário diminui com Daniel Lemos de pênalti e depois Douglas. No final, o Coxa fez o quarto gol e fechou o placar em 4 a 2.


RODADA

A Federação Paraense de Futebol homologou a última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense. Todos os jogos serão no domingo. Às 15h30 jogam Nacional x Operário, no Estádio Municipal Erick Georg, em Rolândia; Atlético x Paranavaí; Toledo x Paraná; Cianorte x Iraty; Corinthians x Engenheiro Beltrão e Serrano x Rio Branco. Às 16h50, acontece a partida entre Cascavel x Coritiba.

***



Todos os jogos as 15:30 h de domingo, apenas Cascavel X Coritiba será 16:50 h.

Lamentável que a FPF tenha tomado esta decisão, pois o Coritiba pode estar garantido no primeiro lugar, mas o Cascavel está na disputa por uma melhor classificação e vai jogar já sabendo sobre os outros resultados.

Por Marcos Borkowski



OFEC 2 X 4 RESERVAS DOS RESERVAS DO COXA

Impressionante, os reservas do Operário não conseguiram ganhar dos reservas dos reservas do Coxa.

DETALHE:
Os reservas dos reservas do Coxa ganhavam por 3 X 0, até que seu técnico trocou três jogadores de uma vez. Então uma luz divina abençoou ao Caçapa e retirou o nosso queridíssimo Dieguito Souza e o time melhorou mil por centro, chegando a encostar no placar e só por uma bola na trave não conseguiu empatar o treino. Mas em um contra-ataque o Coxa fez o quarto gol liquidando a fatura.

Então, na minha humilde opinião de torcedor, acho que poderiam mandar embora uns oito reservas do OFEC e contratar uns jogadores que prestassem, porque para a segunda fase irão fazer falta reservas que realmente sejam capazes de substituir a altura algum titular, pois com os que estão aí, a coisa vai ficar feia para o nosso Operário Ferroviário.

Nossa, espero que não apareça nenhum especialista dizendo que era apenas um treino, tentando com isso, colocar panos quentes na realidade, fui, vi e me decepcionei, em matéria de reservas a coisa ta feia mesmo !!!!!!!!!!!!!!


Por Marcos Borkowski


Nossa... perder dos reservas dos reservas...


Image Hosted by ImageShack.us



Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us