link href='data:image/x-icon;base64 Blog do Fantasma - Notícias
Postado por Elisete XNS domingo, 21 de fevereiro de 2010 às 10:13


Image Hosted by ImageShack.us



Mesma escalação é reforço para técnico

Time que encarou o Paraná Clube volta com mesma formação para jogo de hoje


Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

Com a confirmação de que o Fantasma poderá repetir a mesma escalação contra o Toledo pela primeira vez neste campeonato, o treinador Norberto Lemos aposta também que o grupo poderá apresentar uma maior regularidade. “Os jogadores já se conhecem. Agora é questão de acertar alguma coisa na saída de bola, por exemplo, para que os jogadores e o time tenham uma sequência”, explica.

No coletivo, o treinador confirmou que o Fantasma entra em campo com Danilo no gol e o esquema com três zagueiros tendo João Renato, Flamarion, Leonardo entre os titulares. Lisa na direita e Digão na esquerda atuam como laterais. O meio ficará com Serginho Catarinense, Serginho Paulista e Marcelinho. No ataque, a dupla será formada por Dyego Souza e Clênio.

Caso precise promover alguma mudança, o esquema 4-4-2 também foi trabalhado nos treinamentos. E assim as alterações já estariam definidas se nenhum imprevisto acontecer. Para atacar mais, sairia o zagueiro João Renato para dar lugar ao jovem David Ceará e na frente a substituição imediata é a entrada de Douglas com Dyego Souza indo para o banco.




Operário joga para se manter no G-8


Fantasma encara hoje duelo contra o Toledo para permanecer no grupo dos oito melhores que avançam para a segunda fase do Estadual; jogo começa às 15h30

Image Hosted by ImageShack.us
Clênio, autor do gol contra o Paraná, vai hoje ajudar grupo a buscar mais uma vitória

Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

O Operário Ferroviário encara hoje à tarde o Toledo para se manter entre os oito melhores nesta fase de classificação do Campeonato Paranaense e dependendo dos resultados até subir na tabela. A partida será no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, a partir das 15h30. A arbitragem ficará por conta de Fábio Filipus. Os assistentes serão José Renê Stavinski e João Fábio Machado Brischiliari com Luiz Carlos de Almeida Lemos aparecendo como o 4º árbitro do confronto.

Sem esconder a dificuldade que terá pela frente e que tem mais informações sobre o trabalho do técnico rival Rogério Perrô, o comandante alvinegro Norberto Lemos diz ter estudado o adversário. E pela situação da tabela, com os dois times muito próximos, mas também em situação bem distinta, o duelo será um verdadeiro jogo de paciência na disputa entre ataque e defesa. "Será o jogo da paciência, pois o time deles vem fechado. Conheço a forma de trabalhar do treinador e vamos ter de trabalhar bastante para sair com o resultado positivo", reforça ao destacar que os atletas não podem confundir a paciência com ser moroso dentro do gramado.

E o time que vem para campo é o mesmo que começou contra o Paraná Clube no meio de semana (no empate em 1 a 1). Resta agora saber qual Operário entrará em campo. Se o time nervoso e sonolento da etapa inicial, o Fantasma que assombrou o tricolor em plena Vila Capanema no segundo tempo. "Podendo escalar os mesmos jogadores a meta agora é buscar a regularidade", adianta Norberto Lemos.

Primeiro desafio

Meta é buscar 5º lugar na fase de classificação

Para o treinador do Operário, Norberto Lemos, é preciso agora trabalhar com os pés no chão e ter ciência do que o time pode fazer no campeonato. Com isso, a meta do grupo é terminar esta fase em 5º lugar. Com o 'supermando', onde o primeiro colocado leva a vantagem de fazer os sete jogos finais em seu estádio, o Fantasma jogaria ao menos três partidas com o apoio total de seu torcedor no Estádio Germano Krüger em Ponta Grossa.

"A nossa somatória é para chegar aos 21 pontos e subir algumas posições. O objetivo é terminar com a quinta colocação para podermos ter a vantagem de jogar três jogos em casa e ter três jogos aqui seria muito bom. Isso porque estamos no primeiro ano retornando para a elite. Claro que eu queria terminar em primeiro ou segundo lugar, mas temos de ser realistas", finaliza o técnico.



Image Hosted by ImageShack.us




“É preciso tranquilidade”, diz Lisa


Lateral confia em bom resultado do Operário, mas ressalta que partida contra o Toledo será uma verdadeira decisão de campeonato

Image Hosted by ImageShack.us

Para Lisa, time precisa buscar o gol com paciência para não ser surpreendido em pleno Germano Krüger

Por Alexandre Costa, Jornal da Manhã e Net Esporte Clube

O velho jargão “cada jogo é uma decisão” se aplica bem à situação do Operário nesta reta final do Campeonato Paranaense de Futebol e foi usada com firmeza pelo lateral Lisa após o coletivo de sexta-feira que definiu o time que vai a campo neste domingo contra o Toledo.

Em um confronto entre duas equipes que tem campanhas semelhantes e em um torneio onde apenas um ponto separa a ala dos classificados com os desesperados que aparecem na zona do rebaixamento, o jogador do Fantasma e um dos ídolos da torcida pede paciência e também tranquilidade para que o resultado apareça.

“Cada jogo temos que encarar como verdadeiras decisões. O resultado é muito importante, pois uma vitória pode fazer com que a gente consiga subir algumas posições e ficar um pouco mais longe do rebaixamento”, diz o jogador.

No entanto, pela experiência que tem, Lisa reforça que a partida não será fácil. Isso porque o time do Toledo vem para buscar no mínimo um empate e por isso apostará na retranca para não deixar os donos da casa jogar. “Eles vêm para tentar segurar o jogo e nós vamos ter a torcida ao nosso lado gritando. Temos de ter calma e buscar o gol, mas não sermos afoitos como aconteceu com o Rio Branco. Tem de ir para cima com tranquilidade”, reforça.

Sobre o desempenho nas últimas partidas, ora com boas apresentações, ora com participações medianas e razoáveis, o camisa 2 alerta que chegou o momento do Operário ‘mostrar a sua cara no campeonato’. “Pela primeira vez vamos conseguir repetir o mesmo time e os jogadores já começam a pegar mais confiança para impor o nosso ritmo. Assim podemos jogar com equilíbrio e tranquilidade, além de ter inteligência para sair com a vitória”, comenta ao já alertar o torcedor que a partida será muito difícil.